NOTÍCIA ANTERIOR
De saída do PR, Diniz Lopes vira ''plano B'' do PMDB em Mauá
PRÓXIMA NOTÍCIA
CPTR de Mauá tem144 oportunidades de emprego estão disponíveis nesta semana
DATA DA PUBLICAÇÃO 09/10/2015 | Cidade
WEG investe R$ 35 milhões em fábrica de tintas em Mauá
WEG investe R$ 35 milhões em fábrica de tintas em Mauá Uma das maiores fabricantes mundiais de equipamentos eletro-eletrônicos, a WEG inaugura nova fábrica de tintas em Mauá, com investimento de R$ 35 milhões. Foto: WEG/Divulgação
Uma das maiores fabricantes mundiais de equipamentos eletro-eletrônicos, a WEG inaugura nova fábrica de tintas em Mauá, com investimento de R$ 35 milhões. Foto: WEG/Divulgação
A empresa vai dobrar a capacidade produtiva para atender o setor automotivo

Mesmo diante de um cenário econômico difícil existem empresas investindo na Região com otimismo em bons resultados no longo prazo. É o caso da WEG, uma das maiores fabricantes mundiais de equipamentos eletro-eletrônicos, que inaugura ainda em outubro a nova fábrica de tintas da companhia em Mauá, com investimento de R$ 35 milhões.

Com 12.308 metros quadrados de área construída, a unidade terá capacidade de produzir 1,3 milhão de litros de tintas líquidas por mês visando ao mercado de repintura automotiva, frota, autopeças, rodas, vidros, espelhos e indústria em geral. O investimento foi concentrado na ampliação estrutural e produtiva da planta, até então operada pela Paumar, adquirida pela WEG em 2012.

“Para o nosso plano de expansão, a fábrica da Paumar era muito pequena e não tínhamos capacidade de aumentar a produção por conta da estrutura. Agora, com mais espaço físico e equipamentos novos, conseguiremos dobrar a produtividade para atender o mercado automotivo”, afirmou Reinaldo Richter, diretor superintendente da WEG Tintas.

O setor automotivo é um dos que mais tem sentido os efeitos econômicos do País, com queda de 20% na produção e 22% nas vendas, segundo dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) referentes aos sete primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Apesar do atual cenário, o executivo afirma que os investimentos da empresa são de médio e longo prazo já visualizando a melhora no desempenho das indústrias, principalmente as instaladas no ABCD.

“Esse plano de ampliação está definido desde 2012 e só não foi concretizado antes por questão das licenças junto ao município. Mesmo com uma crise instalada nós estamos com uma fábrica pronta para a retomada do mercado. Sabemos desses ciclos da economia, mas não quer dizer que vamos ficar com a fábrica vazia. Estamos preparados”, ressaltou Richter.

Lançamentos

A nova fábrica ampliará o portfólio de tintas da companhia, tendo duas novas linhas: uma de repintura de veículos e outra para as novas frotas de ônibus e caminhões 2016 e 2017. Ao todo são mais de 13 mil cores no banco de dados da empresa. “Temos que acompanhar o ritmo das montadoras, sempre pensando nos lançamentos dos próximos dois anos”, afirmou o executivo.

Contratações

Com a ampliação da fábrica, o quadro de funcionários também precisou aumentar e passou de 145 funcionários para os atuais 175 profissionais na produção, área técnica, desenvolvimento, qualidade, processos e comercial. “Contratamos o necessário para este primeiro momento, mas conforme o ritmo na empresa for intensificado, poderemos realizar novas seleções”, disse o executivo.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mauá, Aldo Cursino, esse investimento é importante para ressaltar o potencial da cidade. “É muito bom saber que as empresas continuam investindo de acordo com o próprio potencial e o potencial do município. Foram mais de R$ 35 milhões em investimentos e o no início do mês (de setembro) concedemos a expedição dos documentos para que eles pudessem entregar um galpão alugado, além de outros confeccionados em lona, para o apoio logístico. A agilização desses processos é uma de nossas atribuições”, disse.

A WEG já atua no ABCD, com fábrica em São Bernardo voltada para a área elétrica e motores de médio e grande porte. Essa unidade passou por ampliações no ano passado e segue em ritmo de crescimento, segundo Richter. O executivo afirma que para o final do ano, a expectativa é de crescimento no faturamento da empresa na ordem de dois dígitos, considerando o resultado de R$ 7,8 bilhões registrados no ano passado.

Por Iara Voros - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6335 dias no ar.