NOTÍCIA ANTERIOR
Mulher processa GM depois de perder pernas em carro com defeito
PRÓXIMA NOTÍCIA
Triumph Bonneville 2016 muda de geração com 2 novos motores
DATA DA PUBLICAÇÃO 28/10/2015 | Veículos
Volkswagen sofre 1º prejuízo trimestral em pelo menos 15 anos
Grupo alemão registrou perda de € 1,67 bilhão no 3º trimestre.

Resultado foi afetado pelos custos com o escândalo de emissões.


A Volkswagen divulgou nesta quarta-feira (28) o primeiro prejuízo trimestral em pelo menos 15 anos, impactada pelos custos relacionados ao escândalo de fraude em testes de emissões de poluentes de motores a diesel, segundo a agência Reuters.

A maior fabricante automotiva da Europa sofreu no terceiro trimestre uma perda de € 1,67 bilhão, frente ao lucro de € 2,971 bilhões do mesmo período de 2014. A empresa ainda reduziu a previsão de lucro para o ano.

A Volkswagen reservou € 6,7 bilhões no trimestre para cobrir custos relacionados à fraude que envolveu 11 milhões de carros da marca no mundo, ligeiramente mais do que os € 6,5 bilhões anunciados na semana em que o escândalo se tornou público, em 18 de setembro.

Lucro anual
Como resultado, a companhia espera que o lucro operacional do ano fique "significativamente abaixo" do recorde atingido em 2014, de € 12,7 bilhões.

Excluindo os custos da fraude, a montadora ainda espera ter margem de lucro operacional de entre 5,5% e 6,5% este ano, depois de 6,3% em 2014.

Investimentos
A Volkswagen planeja cortar os investimentos em € 1 bilhão por ano em sua principal divisão, responsável por 5 milhões de carros que serão alvo de recall. A divisão de luxo Audi, fonte de cerca de 40% do lucro do grupo, também planeja cortes nos investimentos.

A companhia confirmou que o prejuízo divulgado nesta quarta-feira é o primeiro resultado trimestral negativo em pelo menos 15 anos, mas por causa de mudanças contábeis, a empresa não pode precisar quando o último prejuízo ocorreu.

As vendas do grupo, que também incluem a marca Porsche, caíram 1,5% em setembro, para 885.300 carros e recuaram 3,4% no terceiro trimestre, para 2,39 milhões de unidades.

Com isso a montadora alemã ficou atrás da japonesa Toyota na liderança das vendas mundiais nos acumulado dos nove primeiros meses deste ano após ter assumido a primeira posição três meses antes.

Por G1, em São Paulo
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Veículos
19/09/2018 | Volkswagen faz recall de uma unidade do Tiguan Allspace
19/09/2018 | Detran.SP leiloa 287 veículos na Grande São Paulo
18/09/2018 | Prefeitura de SP lança site para divulgar dados sobre acidentes de trânsito
As mais lidas de Veículos
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6194 dias no ar.