NOTÍCIA ANTERIOR
Campanha nacional de vacinação de gripe termina com meta alcançada
PRÓXIMA NOTÍCIA
Região confirma mais três óbitos causados pela gripe H1N1
DATA DA PUBLICAÇÃO 24/05/2016 | Saúde e Ciência
Vacinação contra a gripe só será normalizada no fim da tarde de hoje
Vacinação contra a gripe só será normalizada no fim da tarde de hoje Foto: Celso Luiz/DGABC
Foto: Celso Luiz/DGABC
Após a prorrogação da campanha de vacinação contra a gripe e o envio de mais 90 mil doses à região pela Secretaria de Estado da Saúde, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) devem normalizar apenas hoje a aplicação de doses. Na manhã de ontem, somente as unidades de São Caetano já haviam recebido as imunizações prometidas, conforme a Prefeitura.

A prioridade é a segunda aplicação da vacina em crianças que tomaram a dose pela primeira vez neste ano, além do público-alvo, que são crianças entre 6 meses e 5 anos, idosos, grávidas, portadores de doenças crônicas, mulheres puérperas (que tiveram filhos nos últimos 45 dias) e indígenas. Conforme as prefeituras, a distribuição seguiria até as 13h nas unidades de São Bernardo, até o fim da tarde de ontem em Santo André e Mauá e até o fim da tarde de hoje em Diadema.

A equipe do Diário esteve pela manhã na unidade do bairro Rudge Ramos, em São Bernardo, onde as funcionárias informaram não saber a previsão de chegada das vacinas.

Em Santo André, Aparecida Marina de Lima, 20 anos, não conseguiu imunizar o filho de 7 meses na UBS da Vila Guiomar. “Deveriam disponibilizar logo de manhã. Ainda não consegui vaciná-lo e fico preocupada de sair com ele nesse tempo”, afirma.

O mesmo aconteceu com o filho de 1 ano do cozinheiro Francisco Silva, 24, que se deslocou do bairro Jardim a pé até a unidade. “Não deram previsão de chegada. Pediram para voltar durante a semana”, afirmou. O mesmo foi dito pelas funcionárias da unidade por telefone.

Até o último levantamento, Santo André havia imunizado 157.134 pessoas. Em São Bernardo, 203.372 foram vacinadas. Em São Caetano, foram 35.539 aplicações. Diadema vacinou 71.454 pessoas e Ribeirão Pires imunizou cerca de 30 mil.

O Grande ABC contabiliza neste ano 19 vítimas fatais do vírus H1N1. Nove pessoas morreram em Santo André por conta da doença, seis em São Bernardo, duas em Mauá, uma em Ribeirão Pires e uma em Rio Grande da Serra.

Por Leonardo Santos - Especial para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Saúde e Ciência
20/09/2018 | Campanha contra sarampo e poliomielite segue na região
19/09/2018 | É melhor dormir com ou sem meias?
19/09/2018 | Forma de andar mostra os vícios de postura
As mais lidas de Saúde e Ciência
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2021 - Desde 2003 à 6845 dias no ar.