NOTÍCIA ANTERIOR
Motoristas contestam multas referentes à Zona Azul
PRÓXIMA NOTÍCIA
Helicóptero que caiu com noiva voou com papai noel em Santo André
DATA DA PUBLICAÇÃO 01/12/2016 | Setecidades
Usuários elogiam Expresso ABC
Usuários elogiam Expresso ABC Foto: Nario Barbosa/DGABC
Foto: Nario Barbosa/DGABC
O primeiro dia de operação do Expresso ABC, serviço da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) para a Linha 10-Turquesa que liga as estações Prefeito Celso Daniel-Santo André e Tamanduateí, na Capital, com apenas uma parada em São Caetano, foi marcado por elogios dos passageiros a respeito do tempo menor de viagem – passou de 16 para dez minutos –, mas também recebeu críticas em relação ao intervalo de partida entre uma composição e outra – de 30 minutos –, considerado longo.

A equipe do Diário acompanhou o primeiro embarque, iniciado às 6h, na Estação Prefeito Celso Daniel, em Santo André. O serviço, que deve beneficiar, por dia, 49 mil usuários, contou com tranquilidade nas primeiras viagens. “Facilita muito para nós que vamos até o Tamanduateí para fazer ligação com (a Linha 2 – Verde do) Metro. O tempo que vou economizar aqui posso até utilizar para sair mais tarde de casa”, destacou o marceneiro Daniel Minarine, 50 anos.

O serviço, pioneiro na CPTM, realizou o trajeto entre as estações no período da manhã em tempo médio de nove minutos entre as três paradas. “Acho que mais do que a rapidez do trem, o principal ponto positivo é a comodidade. Hoje estou conseguindo ir sentada, algo que raramente conseguia nesse horário, das 6h30”, afirmou a assistente fiscal Vanessa Souza, 37.

A principal ponderação dos usuários é a espera de 30 minutos para a partida do Expresso ABC entre uma composição e outra. No período da manhã, foram registradas sete viagens, iniciadas pontualmente às 6h e finalizadas às 9h. “O serviço é bom, mas não sabia que o intervalo era grande. Acho que eles podem fazer um intervalo menor”, ressaltou a administradora Erica Pinelli, 39.

Em média, a cada partida do Expresso ABC, outras cinco composições do trajeto convencional da Linha 10- Turquesa deixam a Estação Prefeito Celso Daniel com destino à Estação Brás, na Capital. “A partir de amanhã (hoje) vou me programar para pegar ele (expresso) no horário certo”, destacou a analista de recursos humanos Gisele Dias, 29.

Embora funcionários da CPTM informassem, por meio de avisos sonoros, o horário de partida e a plataforma destinada aos trens da linha expressa, alguns usuários se confundiram. O estudante Igor Souza, 20, foi um dos passageiros que precisaram recorrer aos agentes da companhia. “Venho todos os dias de Carapicuíba para a UFABC (Universidade Federal do ABC – em Santo André). Acabei descendo na Estação Tamanduateí pensando que sairia um trem para Santo André na linha expressa, porém descobri que somente à tarde é feito esse trajeto”, lamenta.

Na Estação Tamanduateí, a equipe do Diário constatou dois avisos sobre o Expresso ABC, instalados próximos às escadas rolantes de acesso à plataforma da CPTM, além de placas alertando sobre a partida dos trens à tarde. Neste período, o serviço funciona entre 16h e 19h, somando sete viagens até Santo André.

Segundo o gerente de relacionamento da CPTM, Sérgio de Carvalho Júnior, a sinalização das estações deve ser aprimorada nos próximos dias. Ele avalia positivamente o primeiro dia de atividade do Expresso ABC. “Tendo em vista o que foi proposto, a operação do serviço foi feita com sucesso. Tivemos retornos positivos de usuários.”

Os trens utilizados no Expresso ABC atuavam na Linha 9-Esmeralda e, com a substituição por novas unidades, foram deslocados para a região. Antigos, os veículos têm portas menores do que aqueles que operam a Linha 10-Turquesa regularmente. Cada composição tem capacidade para até 2.000 passageiros.

O serviço expresso tem o mesmo valor do bilhete convencional (R$ 3,80).

Por Daniel Macário - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6240 dias no ar.