NOTÍCIA ANTERIOR
Na região, 6.409 famílias dependem de auxílio-aluguel
PRÓXIMA NOTÍCIA
Roubo e furto de veículos caem mais de 30% na região
DATA DA PUBLICAÇÃO 27/07/2015 | Setecidades
Usuário critica Poupatempo
Usuário critica Poupatempo (Foto: Pedro Diogo)
(Foto: Pedro Diogo)
Inaugurada em maio deste ano o Poupatempo em Santo André enfrenta o mesmo dilema das demais unidades para ganhar aprovação dos usuários: a dificuldade para efetuar pagamentos das taxas dos serviços. A reclamação é que há excesso de burocracia bancária e faltam caixas eletrônicos na unidade. Neste segundo semestre, O Poupatempo Santo André deve oferecer operações da São Paulo Previdência (SPbrev) e emissão de carteiras de trabalho.

Vanderlei Sorce, morador de Mauá que foi a Santo André para realizar exame médico, diz que faltam caixas eletrônicos mais próximos da unidade. "Ao contrário de serviços como a renovação da CNH ou pedido de segunda via do RG, o exame médico não aceita pagamento em cartão. Se tivesse um caixa eletrônico 24h para realizar o saque, já ajudaria, porque no geral o serviço é ótimo", afirma.

Daiane Victor, administradora da unidade, reafirma que esse problema é o mais prejudicial na avaliação do público. "O órgão responsável pelos pagamentos é o Banco do Brasil, e os boletos não podem ser pagos em quaisquer bancos, nem em lotéricas ou caixas eletrônicos, e isso gera reclamação", afirma. Daiane afirma que o problema não é exclusivo do Poupatempo de Santo André. "Toda a rede sofre com a burocracia na realização dos pagamentos", analisa.
Entretanto, a administradora explica que o Poupatempo tem pouco o que fazer a respeito. "O nosso trabalho é de acompanhar as manifestações dos cidadãos e reencaminhar às áreas competentes. Como o banco é terceirizado, não temos o poder de mudar a sua forma de operação", pondera. Procurado, o Banco do Brasil afirma não ter recebdio reclamações de atendimento.

Detran
Daiana Victor informa que os serviços sistemicamente mais demorados são os do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). "O órgão é mais exigente, tem processos mais burocráticos, mas são determinações que não cabem ao Poupatempo mudar", explica. A demanda dos serviços do Detran representa 65% de toda a demanda da unidade e, apesar de entraves, tem cerca de 95% de aprovação dos usuários. De acordo com a profissional, o Poupatempo realiza treinamentos com os funcionários e faz acompanhamentos diretos junto aos atendentes para garantir a agilidade dos processos.

Segundo a da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), a inauguração das unidades de Diadema, há cinco meses, e de Santo André, há dois meses, reduziu a demanda na unidade de São Bernardo, em maio e junho na comparação com o mesmo período em 2014. Amédia mensal de atendimentos caiu de 185.027 para 175.244.

Os usuários Maurício Renato Vasconcelos e Francis Garcia Bastos elogiaram a agilidade da emissão de segunda via da carteira de identidade e licenciamento de carro. Moradores de Santo André, Vasconcelos e Bastos ressaltam que a unidade andreense traz praticidade aos moradores da cidade. "Eu precisaria ir até São Bernardo para fazer o licenciamento, mas agora não mais", diz Vasconecelos.

"São Bernardo oferece mais serviços do que Santo André, mas estamos preparados para receber novos serviços a partir de agosto", diz.

Por Victor Hugo Félix - Repóter Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6237 dias no ar.