NOTÍCIA ANTERIOR
Centros públicos do ABCD têm 4.082 vagas de emprego
PRÓXIMA NOTÍCIA
Supermercados distribuirão sacolinha gratuita até 15 de setembro
DATA DA PUBLICAÇÃO 08/08/2012 | Economia
Unimáquinas recebe doação de máquina da Grob
Unimáquinas recebe doação de máquina da Grob Máquina foi levada da Grob para a Unimáquinas, que vai ampliar a produção com o novo equipamento. Foto: Andris Bovo
Máquina foi levada da Grob para a Unimáquinas, que vai ampliar a produção com o novo equipamento. Foto: Andris Bovo
Equipamento irá possibilitar produção em larga escala para a cooperativa

Os cooperados da Unimáquinas receberam nesta terça-feira (07/08) um equipamento doado pela empresa Grob. A máquina deverá auxiliar na produção de pequenas peças e tornar a cooperativa mais competitiva no mercado porque poderá produzir em larga escala. A Unimáquinas é formada por 12 trabalhadores que assumiram a antiga Lawes após a falência no final de 2010 e se dedicam diariamente para ganhar espaço diante dos concorrentes. A entrega do equipamento ocorreu na sede da Grob, em São Bernardo.

Representantes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Unisol Brasil, da Grob e da Unimáquinas participaram da entrega. A máquina tem tecnologia CNC (Comando Numérico Controlável) que possibilita a produção de pequenas peças como punções, matrizes e peças de reposição. “As peças que fazíamos antes no torno mecânico, poderemos produzir em larga escala e assumir grandes pedidos. Irá produzir cinco vezes mais do que a nossa capacidade, com certeza isso nos tornará mais competitivos”, explicou o presidente da Unimáquinas, Marcos José Lopes.

A cooperativa fabrica máquinas e equipamentos para a indústria farmacêutica, alimentícia, cosmética e veterinária. Já a Grob fabrica máquinas operatrizes e fornecem para a cadeia automotiva, principalmente, para empresas que usinam blocos de motores, câmbio, embreagem e suspensão.

O equipamento avaliado em R$ 80 mil funcionou por cerca de 10 anos e agora foi substituído por um mais moderno. A articulação do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e da Unisol Brasil possibilitou a doação para a cooperativa. “É muito complicado esse processo de reerguer a empresa e por isso juntos oferecemos apoio à cooperativa. Toda ajuda é bem vinda nesta etapa. Com essa máquina eles poderão aumentar a produtividade e com isso ir alinhando a empresa à demanda de mercado”, explicou o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques.

O presidente da Grob do Brasil, Michael Bauer, afirmou que outros equipamentos deverão ser doados e que pretende fechar negócio com a Unimáquinas para produção de peças, inclusive na máquina doada. “Temos os projetos das peças feitas neste equipamento e podemos ceder a cooperativa para produzir e nos fornecer. Vamos ainda oferecer um curso para que os trabalhadores saibam operar a máquina. Estamos muito satisfeitos de contribuir para uma empresa brasileira, neste modelo de cooperativa, para que consiga ganhar mais visibilidade no mercado”.

Antônio Garrido Filho, assessor técnico de cooperativismo da Unisol Brasil reafirmou a importância da aquisição do equipamento. “A doação já está abrindo portas como a capacitação dos trabalhadores, que seria necessário buscar com alguma entidade privada e vamos conseguir gratuitamente pela Grob e a possibilidade de novos negócios com a própria empresa.”

Sobre a Unimáquinas

O empreendimento, localizado no bairro do Rudge Ramos, em São Bernardo, opera hoje com 12 sócios cooperados e passou a funcionar oficialmente como cooperativa no início de 2011.

A antiga Lawes funcionou no bairro Taboão por 47 anos, teve cerca de 100 funcionários no auge da produção em 2003 e por conta da má gestão acabou falindo. Quando fechou as portas eram cerca de 30 funcionários, metade resolveu formar uma cooperativa e manter os empregos. O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a Unisol Brasil apoiam a iniciativa e auxiliam nos tramites jurídicos. No ano passado, a Unimáquinas mudou de endereço e foi para um galpão no Rudge.

Os trabalhadores realizaram planejamento e colocaram muitas ações em prática, uma delas foi a criação de um catálogo e o site com as principais informações dos produtos. São nove máquinas diferentes, como misturadores, estufas, compressoras, granuladores, além de alguns acessórios para essas máquinas que são vendidos a parte. O preço dos equipamentos variam de R$15 mil a R$ 300 mil.

Por Michelly Cyrillo - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Economia
25/09/2018 | Operação mira sonegação de R$ 100 mi de grupos cervejeiros e cerca Proibida
25/09/2018 | Greve na Argentina cancela voos no Brasil nesta terça-feira
25/09/2018 | Demanda por GNV aumenta até 350% após alta na gasolina
As mais lidas de Economia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6239 dias no ar.