NOTÍCIA ANTERIOR
Unesp abre nesta segunda-feira as inscrições para o vestibular 2016
PRÓXIMA NOTÍCIA
Alckmin propõe diminuição de aulas noturnas nas escolas do Estado
DATA DA PUBLICAÇÃO 16/09/2015 | Educação
UFABC quer entregar anexo até o fim de 2018
 UFABC quer entregar anexo até o fim de 2018 Foto: Denis Maciel/DGABC
Foto: Denis Maciel/DGABC
A expansão do campus Santo André da UFABC (Universidade Federal do ABC) teve início com os trabalhos de terraplanagem de terreno onde funcionará prédio anexo, localizado do outro lado da Avenida dos Estados. Embora haja preocupação com a garantia de recursos futuros para a obra, que terá custo total de R$ 140 milhões, tendo em vista o contingenciamento anunciado pela União neste ano, a previsão é de que os trabalhos no espaço, denominado Unidade Tamanduatehy, sejam concluídos em 2018.

Conforme explica a professora Rosana Denaldi, responsável pelo projeto, até o momento, a instituição tem garantidos apenas recursos para a terraplanagem da área de aproximadamente 34 mil m² – aproximadamente R$ 10 milhões, segundo já havia informado o reitor da universidade Klaus Capelle em entrevistas anteriores. “Certamente teremos de adequar o cronograma de obras de acordo com os próximos orçamentos. Nosso reitor tem se empenhado nessas negociações com o MEC (Ministério da Educação) para garantir a continuidade dos trabalhos”, observa.

Devido à sua complexidade, a construção do anexo deverá ser dividida em três etapas, tendo em vista que serão erguidos três prédios. O bloco H será destinado aos almoxarifados, o bloco I concentrará a maior parte dos 33 laboratórios, salas de aula, auditórios e um pequeno refeitório, e o bloco J reunirá as áreas administrativas, sala de docentes e salão para atos e eventos no térreo. Já as áreas externas do anexo serão destinadas ao convívio da comunidade acadêmica, com a oferta de lanchonete, áreas verdes, bicicletário e estacionamento para mais cerca de 400 veículos. “A ideia é acomodar os setores já prevendo também a ampliação do quadro para os próximos anos”, explica Rosana.

O projeto inclui ainda a construção de ciclopassarela que ligará o espaço à sede da instituição localizada do outro lado do Rio Tamanduateí. A ideia é que haja prédisposição na arquitetura para uma futura passarela sobre os trilhos da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na parte posterior do lote. “A passarela ainda está em fase de projeto. É preciso concluir e licitar. Mas a expectativa é de que ela fique pronta praticamente junto com o primeiro bloco”, observa a professora.

A Unidade Tamanduatehy foi pensada para seguir conceitos de sustentabilidade, ressalta Rosana. Para isso, o projeto do anexo utilizará estrutura pré-fabricada que racionaliza a construção minimizando a geração de resíduos, contará com aproveitamento de águas de chuvas para bacias sanitárias e torneiras de jardim, pisos permeáveis e telhados verdes. Além disso, haverá uma predisposição na infraestrutura para agregar posteriormente uma estação de tratamento de esgoto com utilização de água de reúso e estação de tratamento de efluentes.

Outro detalhe é que está sendo estudada a possibilidade de a universidade gerar a sua própria energia através do gás natural, e por meio da cogeração abastecer o sistema de ar-condicionado. Painéis fotovoltaicos poderão ser acoplados futuramente agregando energia renovável ao sistema. “É importante que a gente, como universidade, tenha esses conceitos ambientais em mente e ensine isso aos alunos”, considera Rosana.

Por Natália Fernandjes - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Educação
21/09/2018 | Ensino superior cresce no País, mas graças à modalidade a distância
19/09/2018 | Em crise financeira, UFABC tenta definir objetivos para 2019
18/09/2018 | Cidade francesa muda pátio de pré-escola para favorecer a igualdade de gênero
As mais lidas de Educação
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2022 - Desde 2003 à 7007 dias no ar.