NOTÍCIA ANTERIOR
Famílias devem ter cuidados ao viajar
PRÓXIMA NOTÍCIA
WhatsApp e cachorro salvam casal em assalto no ABCD
DATA DA PUBLICAÇÃO 06/01/2015 | Setecidades
Transporte a R$ 3,50 já vale em todas as cidades
Transporte a R$ 3,50 já vale em todas as cidades Nova tarifa passa a valer em todas as linhas municipais do ABCD; trem, metrô e trólebus também sofreram reajuste. Foto: Rodrigo Pinto
Nova tarifa passa a valer em todas as linhas municipais do ABCD; trem, metrô e trólebus também sofreram reajuste. Foto: Rodrigo Pinto
Passe livre para estudantes depende das câmaras; trólebus vai a R$ 3,70

A nova tarifa de R$ 3,50 passa a valer em todas as linhas municipais do ABCD nesta terça-feira (06/01). A exceção é Rio Grande da Serra, que está definindo novo valor, abaixo do estipulado. A gratuidade para os estudantes deve valer apenas em fevereiro em todas as cidades. Conforme as prefeituras, o passe livre depende de mudança em lei que só poderá ser executada após as câmaras de vereadores retornarem do recesso parlamentar, no início de fevereiro.

As passagens de trólebus no corredor ABD também vão aumentar nesta terça para R$ 3,70 – antes, o valor pago por viagem era de R$ 3,20. As linhas intermunicipais vão sofrer aumento de 16,6%, conforme a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). Neste caso, cada itinerário possui um valor, que será aumentado conforme o percentual definido pela empresa. Ao longo de janeiro, os estudantes que dependem de coletivos intermunicipais e trólebus vão pagar a metade das novas tarifas. A gratuidade, proposta no fim do ano passado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), também aguarda aprovação da Assembleia Legislativa.

Na Capital, os estudantes de baixa renda e de unidades públicas não pagarão pelo transporte. A prefeitura da Capital informou que o valor do transporte de ônibus, metrô e trem aumenta de R$ 3 para R$ 3,50. Para a integração, o reajuste fará a tarifa subir de R$ 4,65 para R$ 5,45.

Seguindo a capital - A Região decidiu no fim de dezembro seguir a tarifação implantada na Capital. Os sete prefeitos concordaram com a normativa em reunião no Consórcio Intermunicipal. Organizações não governamentais e apartidárias estão chamando pessoas pelas redes sociais para protestos contra o aumento já nesta semana. Os organizadores argumentam que o objetivo dos protestos é tentar dissuadir as administrações de aplicar o reajuste.

Aluno de escola particular terá passe livre

No ABCD, a gratuidade para alunos da rede pública servirá também para instituições privadas de ensino, o que possibilitará a inclusão de beneficiários de programas como ProUni (Programa Universidade para Todos) e Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Com a iniciativa, o estudante, que hoje paga metade do valor da tarifa, ficará isento da passagem

Com a mudança, metade da passagem continuará sendo custeada pelo poder público, enquanto o restante será embutido no reajuste tarifário. São Bernardo e Santo André deixarão de subsidiar R$ 0,20 do valor atual. Em São Bernardo, isso significará redução de R$ 3,6 milhões para R$ 2,6 milhões mensais. Já em Santo André, o custo da redução passará de R$ 2 milhões para R$ 800 mil por mês.

Por Renan Fonseca - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6195 dias no ar.