NOTÍCIA ANTERIOR
Sesi Mauá apresenta a ''Banda Volver''
PRÓXIMA NOTÍCIA
Garagem de ônibus em Mauá está irregular
DATA DA PUBLICAÇÃO 24/09/2010 | Cidade
Sesi Mauá apresenta a peça ''Aqui Quase Longe''
A peça, que reúne sete histórias sobre situações absurdas presentes no cotidiano do homem contemporâneo, terá sessões sábado (25/09), às 20h, e domingo (26/09), às 19h. A entrada é franca.

Nos dias 25 e 26 de setembro, o SESI Mauá apresentará, gratuitamente, a peça Aqui Quase Longe, da Cia Delas de Teatro. Serão realizadas duas sessões, uma no sábado, às 20h, e outra no domingo, às 19h. A montagem é uma das 12 selecionadas para integrar o circuito Viagem Teatral 2010 – 3ª Temporada, promovido pela entidade em todo o Estado.
A peça reúne sete histórias criadas em processo colaborativo, conduzido por Gabriel Carmona, a partir de um foco comum: momentos em que o absurdo irrompe no cotidiano. Crianças vêem o céu e uma mulher tenta recuperar a memória de uma noite do carnaval de 1940. Um casal se perde, um homem acorda com cheiro de vela e outro descobre um jogo de pingue-pongue na própria cabeça.

Para a autora e diretora Ana Roxo, num espetáculo que flerta com o sonho e com os limites do que é real, do que é absurdo ou simples ilusão, são de grande importância as imagens e a plasticidade apresentadas em cena. “O teatro é uma arte múltipla, na qual muitas vezes a música, a literatura e as artes plásticas podem encontrar fortes reverberações. Nesta montagem esse encontro se dá de maneira muito intensa já que se trata de um espetáculo que deseja levar o espectador a tocar novos lugares - o desconhecido ou o inominável”, explica.

O espetáculo é resultado de uma parceria batalhada, amorosa e perene, segundo Roxo. E, principalmente de uma fricção de vários mundos. “Desde o mais óbvio: são pessoas trabalhando numa arte coletiva, colocando suas individualidades pra brigar; até os mais sutis: de cada um se deparando com seus momentos de revelação, fúria e poesia, repensando sua maneira de ver o passar dos dias, revelando o quanto de sentido pode ter uma gota de chuva na cara no meio do turbilhão interno da emoção-razão”, declara.
Ainda de acordo com ela, “este é um texto suado. Atritado do meu maravilhamento com o cosmos, com os mistérios e o universo cientificista em que fui criada, do Segan de babá eletrônica em manhãs solitárias”.

Em suma, a montagem converge para a proposta do grupo em "transver o mundo" por caminhos naturalmente inusitados que só a imaginação pode conceber. “Provocar novos sentidos para a percepção da realidade; farejar o sensível, o próximo, o ‘tocante’, a abertura, com um novo olhar para tudo que é "torto" na vida, a doença ou loucura; e, principalmente, transpor o pensamento e a ação para a atmosfera do sonho, para redescobrir o ritual e o mito”, conclui.

A trilha original composta por Tó Brandileone e Vinícius Calderoni, o cenário de Isay Weinfeld e os coloridos figurinos e adereços de Mira Haar são essenciais para reforçar a idéia do inusitado e do sinistro no espetáculo.

Sobre o grupo

Criada em 2001, em São Paulo, a Cia. Delas de Teatro é composta por atrizes profissionais que desenvolvem estudo e pesquisa na área teatral. O grupo tem como característica marcante a diversidade, seu repertório transita pelos gêneros do drama e da comédia. Seus espetáculos são dirigidos sempre por diretores convidados que desenvolvem trabalhos nas mais distintas linguagens.

Entre os espetáculos do grupo estão: A Invenção de Loren, contemplado com o prêmio de estímulo PAC 22 (Programa de Ação Cultural-2007) - concedido pelo Governo do Estado de São Paulo - e que participou do Festival de Curitiba; Cabine do Destino, infanto-juvenil concebido em parceria com Mira Haar e o ator Luciano Amaral; Burundanga, comédia popular adulta de Luís Alberto de Abreu; Quase Verdade, inspirado na obra infantil de Clarice Lispector, dirigido Ulisses Cohn; Descoberta do Mundo, também baseada na obra (adulta) da autora e dirigida Marco Antônio Rodrigues; e As Meninas de Nelson, cenas de personagens femininas de Nelson Rodrigues, sob direção de Nelson Baskerville.

O grupo recebeu, também em 2001, os prêmios APCA de melhor adaptação de texto literário e Panamco na categoria revelação, com o espetáculo Quase Verdade. Três anos mais tarde, conquistou o prêmio Coca-Cola FEMSA no Teatro de melhor produção, com a peça Cabine do Destino.

Ficha Técnica:
Concepção:
Ana Roxo, Gabriel Carmona e Cia. Delas de Teatro.
Dramaturgia: Ana Roxo
Condução do processo: Gabriel Carmona
Finalização do espetáculo: Mira Haar
Elenco: Fernanda Castello Branco, Julia Ianina, Lilian Damasceno e Thaís Medeiros.
Atores convidados: Jeronimo Martins e Ricardo Estevam.
Preparação corporal: Cristiano Karnas
Cenografia: Isay Weinfeld
Figurinos: Mira Haar
Iluminação: Denílson Marques
Trilha Sonora: Vinicius Calderoni e Tó Brandileone
Operador de luz: Marcos Tadeu Diglio
Operador de som: Victor Merseguel
Produção Executiva: Cia. Delas de Teatro.

Serviço:
Viagem Teatral 2010 – 3ª Temporada
Espetáculo:
Aqui Quase Longe
Local: SESI Mauá - Av. Presidente Castelo Branco, 237 – Jardim Zaíra.
Datas e horários: dias 25/09 (sábado), às 20h, e 26/09 (domingo), às 19h.
Entrada: Franca – os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início da apresentação.
Capacidade: 132 lugares
Gênero: comédia dramática
Duração: 50 minutos
Recomendação etária: Não recomendado para menores de 12 anos.
Informações: (11) 4514-2555

Por Sesi SP
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6195 dias no ar.