NOTÍCIA ANTERIOR
Centro de professores de Mauá foi mal planejado, aponta TCE
PRÓXIMA NOTÍCIA
Polícia Civil prende morador acusado de assediar vizinha
DATA DA PUBLICAÇÃO 01/03/2017 | Cidade
Sem Folia, escola de samba improvisa desfile no Jardim Zaíra
Sem Folia, escola de samba improvisa desfile no Jardim Zaíra Foto: Ari Paleta/DGABC
Foto: Ari Paleta/DGABC
Mesmo sem desfile oficial, a escola de samba Ordem e Progresso levou 150 pessoas para a Avenida Presidente Castelo Branco, no Jardim Zaíra, em Mauá. A agremiação se apresentou com 100 componentes, que foram convidados na última semana para que a Folia não passasse em branco.

Faixa foi colocada em frente à quadra da escola, a pioneira da cidade, criada em 1957, convidando os foliões a comparecerem ao evento e escolher as fantasias no barracão. As alegorias foram reaproveitadas dos anos anteriores, com temática livre – componentes desfilaram com chapéu tradicional da festa junina.

A presidente da agremiação, Laudiceia Sanches, ficou surpresa com a adesão. “Coloquei a faixa na quinta-feira e não contava com tanta gente. O pessoal daqui é muito presente”, afirmou.

O evento foi organizado em parceria com a Uesma (União das Escolas de Samba de Mauá), que levou quatro agremiações da cidade para as ruas desde sexta-feira. Conforme a presidente Meire Terezinha da Silva, o intuito foi mostrar o samba para comunidade, mesmo sem os desfiles oficiais, que foram realizados pela última vez em 2015. “Foi iniciativa da Uesma de levar essa festa, que seria realizada na quadra, para a rua. Já tivemos reunião com o secretário da Cultura e apresentamos proposta para que o evento volte à programação, nos moldes do último, que foi na Avenida Portugal”. Segundo ela, nova reunião com a Prefeitura deve ser realizada em março.

A gari Aparecida Rodrigues, 47 anos, moradora do bairro, desfilou na ala das baianas pela terceira vez. “Eu adoro, é a minha festa preferida”. A manicure Adriana de Souza Oliveira, 32, veio assistir ao cortejo com o filho de 4 anos. “Aqui no bairro é uma forma de reencontrar e prestigiar amigos.”

OPERAÇÃO SUBIDA
A subida do Litoral foi tranquila pelo SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes), em operação 2x8. No sentido da Capital, a Ecovias, concessionária responsável pelo sistema, registrou a passagem de 333 mil veículos até as 18h.

De virada, Tatuapé vence disputa em São Paulo pela primeira vez

Em virada histórica, na última nota do quesito samba-enredo, a Acadêmicos do Tatuapé se consagrou ontem campeã do Carnaval de São Paulo 2017, levando, assim, seu primeiro título no Grupo Especial.

Vice-campeã do Carnaval do ano passado, a Tatuapé colocou a mão na taça após uma apuração acirrada. A conquista do título só veio no critério de desempate, quando a escola ultrapassou a Dragões da Real, agremiação que até então liderava a disputa. Ambas atingiram nota 269,7.

Com alegorias grandiosas, a agremiação trouxe neste ano para a avenida o enredo intitulado Mãe África conta a sua história: Do Berço Sagrado da Humanidade à Terra Abençoada do Grande Zimbabwe.

“Nós viemos aqui e mostramos para esse povo o que é a festa africana. O continente que mais sofre no mundo, mas que sabe fazer festa”, declarou o presidente da Tatuapé, Eduardo Santos.

Dragões da Real e Vai-Vai completaram o pódio, ficando nos segundo e terceiro lugares, respectivamente. As escolas Águia de Ouro e a tradicional Nenê de Vila Matilde, por sua vez, foram rebaixadas e desfilam no próximo ano no Grupo de Acesso.

Hoje, às 16h, acontece a apuração das notas do Carnaval do Rio de Janeiro.

Por Yara Ferraz - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6233 dias no ar.