NOTÍCIA ANTERIOR
Corinthians vence o Sport na primeira batalha da Copa-BR
PRÓXIMA NOTÍCIA
Apagado, São Paulo tenta reação contra o Galo no Morumbi
DATA DA PUBLICAÇÃO 06/06/2008 | Esportes
Seleção Brasileira faz o último teste
A Seleção Brasileira enfrenta a Venezuela, hoje (22h10 de Brasília, com Globo e Sportv), em Boston, nos Estados Unidos, no segundo amistoso da mini-turnê da equipe do técnico Dunga na terra do Tio Sam. Mesmo um tanto renegada pelos noticiários especializados locais, que dedicam a maior parte do tempo na cobertura do playoff final da NBA, onde o time da cidade (Boston Celtics) vai encarar o Los Angeles Lakers, a partida no Gillette Stadium de Foxboro teve mais de 51 mil ingressos vendidos, de acordo com seus organizadores.

Este será o último amistoso antes de seus próximos compromissos pelas eliminatórias sul-americanas: contra o Paraguai (no sábado, dia 15, em Assunção) e Argentina (dia 18, em Belo Horizonte).

Durante os últimos treinamentos de preparação, Dunga fez diversas mudanças entre os titulares. "Para mim não há distinção de A ou B ou quem vai começar jogando. Vou esperar para decidir e observar qual melhor opção para uma determinada circunstância", comentou o técnico, indicando que a escalação que entrará em campo no amistoso de hoje não deve servir de parâmetro para os confrontos pelas eliminatórias da Copa do Mundo.

Com relação ao corte de Kaká, Dunga também foi enfático. "O mais fácil para mim seria trazê-lo. É o que todos esperavam. Mas o que temos de pensar, realmente, é que ele é um jogador que vinha de uma lesão e precisa se recuperar. Não poderíamos correr o risco de perder um atleta dessa grandeza para uma competição importante", disse o técnico.

Venezuela - A equipe também chega para este amistoso com dois desfalques. Leonel Vielma e Luis Manuel Seijas deixaram a seleção para se apresentar ao clube colombiano Independiente Santa Fé.

O técnico venezuelano, César Farías, deverá fazer algumas mudanças para este jogo contra o Brasil. Juan Arango, atacante do Real Mallorca espanhol, lidera a seleção venezuelana, que vem se preparando em um estádio de Boston, o Babson College Soccer Field.

Dunga usa estadia em conjunto para avaliar "hermanos"

Os Estados Unidos sediaram nos últimos dias amistosos do Brasil e da Argentina. E os hermanos se saíram melhor, com uma bela atuação na goleada por 4 a 1 sobre o México, na quarta-feira, enquanto o time de Dunga apresentou problemas na vitória por 3 a 2 sobre o modesto Canadá.

Contudo, apesar da boa apresentação da equipe de Alfio Basile, Dunga viu alguns defeitos na seleção que atuou sem Riquelme, seu camisa 10, mas teve Messi e Agüero como destaques. Mas a detalhada avaliação do técnico brasileiro ficará guardada até o duelo contra os argentinos no dia 18, pelas eliminatórias, no Mineirão.

"Se eu falar do ponto fraco, eles vão ter tempo para corrigir. A Argentina é uma equipe muito aguerrida, de ótima técnica, da mesma forma que o Brasil", declarou o técnico, que definiu o desempenho dos rivais diante dos mexicanos como "o futebol habitual argentino, de rapidez e jogadas de muita técnica, o que a levou a resolver o jogo já no primeiro tempo". (Com Agências)

Por Fernando Cappelli - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Esportes
21/09/2018 | Tite convoca Pablo, Walace e Malcom para duelos contra Arábia Saudita e Argentina
20/09/2018 | Real Madrid atropela a Roma por 3 a 0 e inicia bem a luta pelo tetracampeonato
18/09/2018 | Jogador de vôlei que jogou em Santo André é encontrado morto na Espanha
As mais lidas de Esportes
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6198 dias no ar.