NOTÍCIA ANTERIOR
''Natal dos Smurfs'' é tema do Mauá Plaza Shopping
PRÓXIMA NOTÍCIA
Mauá decide preservar cadeira de vereador que virar deputado tampão
DATA DA PUBLICAÇÃO 01/11/2017 | Cidade
Segurança é demanda de bairro em Mauá
 Segurança é demanda de bairro em Mauá Imagem ilustrativa. (Foto: Arquivo Google)
Imagem ilustrativa. (Foto: Arquivo Google)
Moradores apontam necessidade de maior presença da PM, que reclama falta de denúncias

Quem vive no Jardim Oratório, em Mauá, tem sensação diária de insegurança, não importa o horário ou a rua. A preocupação com o que pode acontecer é situação cotidiana. Tanto para os jovens quanto para os adultos, o cenário é o mesmo.

A proprietária de salão de beleza Maria José da Silva, 49 anos, vive há 30 no bairro e considera a segurança ruim. Apenas neste ano, já foi roubada em quatro oportunidades. Em uma delas, como lembra, perdeu o celular e o carro. Como prevenção, após as 18h, a atitude tomada é o fechamento das portas e a abertura apenas para conhecidos.

“Os bandidos colocaram dois revólveres na minha cara. Estou presa e eles (criminosos) estão soltos. A PM (Polícia Militar) tem que estar presente, perto da população. Antes ninguém roubava trabalhador, mas agora não tem mais isso”, diz.

Na opinião da dona de casa Marilene de Sousa, 49, quando o policiamento está presente no bairro, a população se sente mais segura. No entanto, acredita que ainda há o que melhorar. “Dificilmente tem um comerciante aqui que não foi roubado várias vezes. Conheço a maioria e sei que isso acontece”, afirma.

Enquanto arrumava as prateleiras de estabelecimento que trabalha, a estudante Thauana Gabriele, 16, pediu por mudanças. “Precisa de mais segurança. Moro aqui há 16 anos e tem muito roubo, além das mortes. Todo dia tenho medo que aconteça algo”, avalia a ajudante de mercado.

Em nota, a Polícia Militar informou que tem intensificado o policiamento no bairro por meio de inúmeras ações, como as de visibilidade, saturação e bloqueio. “O patrulhamento pela Avenida Ayrton Senna da Silva permanece intensificado e será contemplado com a Operação Cavalo de Aço Regional até o fim do ano, com data e horário específicos”, aponta o comando da PM, que ressaltou a importância de denúncias por meio do registro de boletins de ocorrência, o que possibilita direcionar as ações.

Por Matheus Angioleto - Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6230 dias no ar.