NOTÍCIA ANTERIOR
Serviços públicos terão esquema especial
PRÓXIMA NOTÍCIA
Mortes no trânsito aumentam pelo 3º mês seguido na região
DATA DA PUBLICAÇÃO 15/06/2018 | Setecidades
SBCTrans tem ônibus com 20 anos de uso
 SBCTrans tem ônibus com 20 anos de uso Ao menos sete coletivos fabricados em 1998 foram flagrados em linhas municipais de S.Bernardo. Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Ao menos sete coletivos fabricados em 1998 foram flagrados em linhas municipais de S.Bernardo. Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Responsável pela operação do transporte público de São Bernardo, a concessionária SBCTrans tem permitido a circulação de pelo menos sete ônibus com 20 anos de uso, ou seja, período três vezes maior do que a idade média de cinco anos prevista em legislação municipal (4.961/2001) que regulamenta operação de coletivos na cidade.

Levantamento feito pelo Diário mostra que os ônibus Marcopolo Torino GV, ano e modelo 1998, com chassi Mercedes Benz of 1721, que parou de ser comercializado no início dos anos 2000, fazem parte da primeira leva de coletivos adquiridos pela concessionária para prestação de serviço na cidade. Portanto, nunca foram trocados pela empresa desde o início do acordo selado com a Prefeitura de São Bernardo.

Os ônibus municipais com as placas BUP-4521, BUP-4522, BUP-4572, BUP-4513, BUP-4546, BUP-4539 e BUP-4576 têm circulado em linhas na região do pós-balsa, nos bairros Tatetos, Capivari, Santa Cruz e Taquacetuba, área carente de São Bernardo.

O local, inclusive, foi cenário de acidente que envolveu veículo da concessionária com 20 anos de uso, no domingo, e deixou quatro vítimas fatais e outros dois feridos. O acidente aconteceu na Estrada do Rio Acima, altura do número 12.000. A polícia aguarda resultado do laudo pericial – que ficará pronto em até 30 dias – para confirmar se os veículos estavam em velocidade acima dos 30 km/h permitido na via.

Nas últimas semanas, a equipe do Diário embarcou nos coletivos e constatou o risco ofertado pelos ônibus aos usuários. Além de serem antigos, os veículos apresentam péssimo estado de conservação. O painel de comando, em alguns veículos, está totalmente deteriorado (veja foto abaixo). Dentro, os bancos estavam sujos de terra e havia lixo espalhado pelo chão.

"A cada ano que passa os ônibus daqui estão piores. As linhas do Centro ganham novos ônibus e nós, da periferia, ficamos com veículos assim, com pneu careca e sujo”, relata a doméstica Sônia Alencar, 48 anos.

Embora tenha ciência do risco oferecido pelos veículos, moradores dizem não ter outra alternativa para se deslocar ao Centro. “Ou utilizamos esses ônibus, ou ficamos à deriva aqui”, pontua o varredor Heitor Diniz Lima, 29.

Outros cinco veículos fabricados entre 2003 e 2011, ou seja, acima da idade permitida pelo município foram flagrados pelo Diário circulando por São Bernardo. São os coletivos com placas DBC-5985, DBC-5436, ESE-8506, DBC-5430 e EWJ-3009.

Procurada pela equipe do Diário para falar a respeito do assunto, a SBCTrans não retornou aos contatos até o fechamento desta edição.

Por Daniel Macário - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6232 dias no ar.