NOTÍCIA ANTERIOR
Veículos leves correspondem a 75% do fluxo do Rodoanel na região
PRÓXIMA NOTÍCIA
Bombeiros encontram homem afogado em parque de Santo André
DATA DA PUBLICAÇÃO 02/02/2018 | Setecidades
São Bernardo confirma primeiro paciente com febre amarela
São Bernardo confirma primeiro paciente com febre amarela Foto: Denis Maciel/DGABC
Foto: Denis Maciel/DGABC
Com índice de vacinação contra a febre amarela abaixo do esperado, a Prefeitura de São Bernardo confirmou, ontem, o primeiro caso da doença no município – é o segundo da região, tendo em vista que morador de Ribeirão Pires também foi acometido pelo mal. Conforme a administração, trata-se de homem de 33 anos, que foi internado no mês passado no Hospital Assunção. Seu quadro de saúde é estável e ele já recebeu alta.

De acordo com o Paço de São Bernardo, o morador contraiu a doença durante viagem a Mairiporã, na Região Metropolitana, em dezembro. A cidade já contabiliza 23 mortes e 77 casos suspeitos.

Chama atenção o fato de o morador ter se imunizado contra a doença, no entanto, não respeitou o período de dez dias necessários, após a vacinação, para produção de anticorpos antes de viajar. Por meio da Vigilância à Saúde, a Prefeitura realizou bloqueio no entorno da casa da vítima, além de orientação por todo o bairro e busca por potenciais criadouros do mosquito transmissor da doença.

O caso era um dos oito suspeitos que estavam sendo investigados na cidade e foi confirmado por meio de análise realizada no Instituto Adolfo Lutz. Os demais foram descartados.

Até o momento, o município vem observando baixa adesão à campanha de imunização contra doença, iniciada no dia 25. Apenas 14% da meta, que é proteger 707 mil pessoas até o dia 17, compareceram às UBSs (Unidades Básicas de Saúde). Por isso, a administração anunciou, na terça-feira, a suspensão do início das aulas em duas semanas – começarão no dia 19. Todas as 102 unidades de ensino da cidade serão transformadas em postos de vacinação entre os dias 5 e 9, entre 9h e 16h.

DIA NACIONAL

O primeiro ‘Dia D’ de mobilização para vacinar a comunidade contra a febre amarela nas sete cidades será realizado amanhã, das 8h às 17h. Em São Bernardo, os postos de Saúde também funcionarão no domingo, apenas para a aplicação de doses contra a doença.

A outra vítima de febre amarela na região, morador de Ribeirão Pires, 35 anos, segue internada. Ela também contraiu o problema em Mairiporã.

Ministério da Saúde diz que imunização deve ser feita dez dias antes da viagem

(Da Abr)

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina contra a febre amarela deve ser aplicada pelo menos dez dias antes de qualquer viagem para locais do País onde há recomendação de imunização.

“Para garantir a proteção, a dose deve ser aplicada com pelo menos dez dias de antecedência à viagem, tempo necessário para o organismo produzir os anticorpos contra a doença”, informou o ministério por meio de nota.

Dessa forma, o prazo para moradores da região que desejam viajar no Carnaval para áreas de risco foi expirado no início da semana. Ao todo, 20 Estados e o Distrito Federal fazem parte da chamada área com recomendação de vacinação.

A orientação do governo federal é válida para pessoas que nunca se vacinaram. Quem já tiver recebido uma dose ao longo da vida não precisa procurar novamente os postos de Saúde.

Por Juliana Stern - Especial para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6194 dias no ar.