NOTÍCIA ANTERIOR
Para driblar crise, itens de Natal recebem descontos
PRÓXIMA NOTÍCIA
Jucá: haverá idade mínima de 65 anos para aposentadoria de homens e mulheres
DATA DA PUBLICAÇÃO 05/12/2016 | Economia
Roubo de carga cresce na região
Roubo de carga cresce na região Foto: Celso Luiz/DGABC
Foto: Celso Luiz/DGABC
O roubo de carga assusta motoristas que circulam pelo Grande ABC, principalmente no fim de ano. Com o aumento das entregas pela proximidade do Natal, também crescem as ocorrências criminais. Conforme os dados da SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado, os números dobraram na comparação entre janeiro e outubro, passando de 18 para 37 casos entre as sete cidades.

“Como transportamos combustível, sabemos que acaba sendo carga visada. Quando começa a chegar perto do fim do ano, andamos com ainda mais atenção. Eu já prefiro descer (a serra) pela (Via) Anchieta e não usar o Rodoanel, porque não tem muitas casas na beira da via”, contou Adilson Franco de Campos, 46 anos, morador de Limeira, no Interior, e que circula diariamente pela região para descarregar no Litoral.

Para o caminhoneiro Miller Ricardo Mendes, 26, que também utiliza o SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes) para descarregar mercadorias no Grande ABC e na região central de São Paulo, as rodovias são bem patrulhadas. “Apesar disso, sinto que a medida é mais para a nossa fiscalização do que segurança. No início do ano, arremessaram uma pedra no meu vidro, ou seja, estamos sujeitos a passar por esse tipo de situação.”

Conforme o comandante do 1º Batalhão de Polícia Rodoviária, tenente-coronel Carlos Alberto dos Santos, o policiamento é baseado em áreas de maior incidência, por meio de bloqueios. “Temos um reforço com a Operação Verão, que é iniciada após o Natal, vamos colocar viaturas nos locais críticos para ajudar a coibir os índices criminais.”

Ele também citou como medida eficaz a central de monitoramento da Ecovias, com 16 câmeras, inaugurada em outubro. “No dia 26, identificamos dois suspeitos, sendo que um deles estava com simulacro. Eles foram surpreendidos antes de abordar um carro.”

ÁREAS URBANAS

Apesar de todo o cuidado em rodovias, as ocorrências tendem a acontecer mais nas vias urbanas. De acordo com a Polícia Rodoviária, de janeiro a outubro foram seis registros nas rodovias da região. “A maior incidência acaba sendo de pessoas que param no acostamento e são assaltadas”, disse Dos Santos.

A Polícia Militar realiza o patrulhamento em ruas e avenidas com base em informações contidas nos CPPs (Cartões de Prioridade de Patrulhamento), criados por meio do PPI (Plano de Policiamento Inteligente), que direciona a fiscalização preventiva para locais e horários com maior incidência criminal.

Segundo o comandante da PM no Grande ABC, coronel Marcelo Cortez de Paula, a estratégia para combater roubos de carga é diferente da realizada com roubos de veículos. “Estudamos a forma e também as principais rotas junto às empresas. Mapeamos os principais pontos onde o crime acontece”, disse. Igualmente visando a diminuição dos índices, o patrulhamento deve ser intensificado nas áreas comerciais nos próximos dias. “Com o aumento de entregas e a movimentação do comércio, já está em vigor a partir de segunda-feira (hoje) a Operação Natal, até o inicio do ano”, ressaltou o coronel.

Por Yara Ferraz - Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Economia
25/09/2018 | Operação mira sonegação de R$ 100 mi de grupos cervejeiros e cerca Proibida
25/09/2018 | Greve na Argentina cancela voos no Brasil nesta terça-feira
25/09/2018 | Demanda por GNV aumenta até 350% após alta na gasolina
As mais lidas de Economia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6196 dias no ar.