NOTÍCIA ANTERIOR
Paulo Eugenio assume Prefeitura de Mauá
PRÓXIMA NOTÍCIA
Paulo Eugenio recebe Prefeitura de Oswaldo Dias até 25 de julho
DATA DA PUBLICAÇÃO 14/07/2010 | Cidade
Pronasci rende R$ 11 milhões ao ABC
O Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça, destinará mais de R$ 11,2 milhões até 2011 para Santo André, São Bernardo e Diadema. O ABC firmou 17 convênios entre 2008 e 2009 e garantiu os repasses que visam a prevenção e o enfrentamento da violência. Este ano mais de 620 jovens da região integram o Programa de Proteção a Jovens em Território de Vulnerabilidade (Protejo) e, 600 pessoas, o Mulheres da Paz.

Dos três municípios, São Bernardo é o que firmou a maior quantidade de convênios - nove - com a União, por isso, receberá 51,6% do valor destinado a região, o que representa mais de R$ 5,8 milhões. Com seis parcerias, Diadema terá investimento de R$ 4,2 milhões. Santo André receberá R$ 1,1 milhão. O valor das contrapartidas também segue o ritmo. São Bernardo destinará R$ 116,2 mil, Diadema, R$ 85,2 mil e Santo André, R$ 23,4 mil.

Além do pagamento de professores que realizam a qualificação profissional e cidadã dos jovens do Protejo e do Mulheres da Paz, a verba é usada para pagamento da bolsa-auxílio dos participantes, que recebem R$ 100 e R$ 190 mensais, respectivamente.

São Bernardo também usou o recurso para implementar o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M). Diadema, além do GGI-M utilizou a verba para o videomonitoramento, capacitação de GCMs e ao projeto Adolescente Aprendiz.

Andrea Cristina Benetes da Silva, integrante das Mulheres da Paz de Diadema, não se envergonha em dizer que entrou no projeto por causa do dinheiro. “A bolsa-cidadã foi o que chamou a minha atenção, mas depois que descobri o que era o programa minha vida mudou”, pontuou. Durante um ano da iniciativa, a moradora do Inamar aprendeu sobre seus direitos e, principalmente, como a ajudar o próximo. “Antes achava que só poderia ser faxineira, mas hoje sei que tenho outras perspectivas”, comentou.

Adolescente Aprendiz
Desde 2001, mais de 16 mil jovens, entre 14 a 15 anos, passaram pelo projeto Adolescente Aprendiz, de Diadema. O objetivo é ocupar o tempo dos participantes no período oposto ao escolar. Os jovens, moradores de núcleos habitacionais, fazem atividades culturais, se preparam para o mercado de trabalho e ganham uma bolsa-aprendizagem de R$ 65 mensais. Este ano cerca de 1,3 mil adolescentes integram a iniciativa.

Inspiradas no projeto de Diadema, as ações do Protejo são voltadas para pessoas de 15 a 24 anos que estejam em situação de rua ou vulnerabilidade, inclusive para ex-integrantes da Fundação Casa (antiga Febem). A meta é despertar o interesse dos participantes para o conhecimento e a oportunidades de trabalho. O Mulheres da Paz capacita líderes comunitárias para atuarem como educadoras sociais e levarem mensagens de paz as comunidades expostas a violência.

Por Fernando Valensoela - Diário Regional
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6415 dias no ar.