NOTÍCIA ANTERIOR
Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch estrelam ''Os penetras 2''
PRÓXIMA NOTÍCIA
Bruce Springsteen diz ter se unido a resistência contra Trump
DATA DA PUBLICAÇÃO 20/01/2017 | Cultura
Produtores de ''Quatro vidas de um cachorro'' prometem investigação após vídeo mostrar abuso de cão em gravação
Produtores de ''Quatro vidas de um cachorro'' prometem investigação após vídeo mostrar abuso de cão em gravação Vídeo do TMZ mostra cão forçado a entrar em águas turbulentas na gravação do filme 'Quatro vidas de um cachorro' (Foto: Reprodução/TMZ)
Vídeo do TMZ mostra cão forçado a entrar em águas turbulentas na gravação do filme 'Quatro vidas de um cachorro' (Foto: Reprodução/TMZ)
Imagens vazadas pelo TMZ mostram animal com medo e forçado a entrar em corredeiras.

Cineastas envolvidos na produção do filme "Quatro vidas de um cachorro" prometeram investigar as acusações de maus-tratos de animais depois que um vídeo publicado pelo TMZ mostra um cão com medo forçado a entrar em águas turbulentas durante a gravação.

O diretor Lasse Hallstrom ("Amor Impossível") afirmou no Twitter nesta quarta-feira (18) que estava "muito perturbado pelo vídeo". "Eu não presenciei essas ações. Nós estávamos todos comprometidos a oferecer um ambiente amoroso e seguro para todos os animais do filme. Me prometeram que uma investigação exaustiva está acontecendo e que qualquer infração será denunciada e punida", escreveu na rede social.

No vídeo publicado pelo site TMZ nesta quarta, é possível ver que um cão resiste aos esforços de uma pessoa, que tenta colocá-lo em uma piscina com águas turbulentas. Segundo o site, se trata de Hercules, o cachorro principal usado nas filmagens.

As imagens causaram revolta. O grupo de ativistas dos direitos dos animais PETA pediu que o público boicote o filme e exigiu que todos os envolvidos na produção nunca mais usem animais em gravações.

O ator Josh Gad ("Pixels"), que dubla o cachorro e não participou da filmagem, publicou em sua conta no Twitter que pediu explicações ao estúdio e à produção. "Estou perturbado e triste de ver qualquer animal colocado em uma situação contra a sua vontade", escreveu.

A produtora Amblin Entertainment e a distribuidora Universal Pictures, responsáveis pelo filme, publicaram uma nota na qual afirmam que seguiram os protocolos para criar um ambiente seguro para os animais. "Enquanto continuamos a examinar as circunstâncias mostradas no vídeo editado, Amblin está confiante que bons tratos e muita preocupação foi mostrada pelo pastor alemão Hercules, assim como para todos os outros cães apresentados na produção do filme."

"Quatro vidas de um cachorro" é estrelado por Dennis Quaid ("O dia depois de amanhã") e estreia no Brasil no próximo dia 26 de janeiro.

Por G1
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Cultura
25/09/2018 | Encontro com o passado
21/09/2018 | ''Sou muito feminino, isso é uma grande qualidade'', diz Chay Suede a Pedro Bial
20/09/2018 | Avril Lavigne lança Head Above Water, música sobre a doença a qual sofre
As mais lidas de Cultura
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6240 dias no ar.