NOTÍCIA ANTERIOR
Agente da CPTM atira em vendedor ambulante em Mauá
PRÓXIMA NOTÍCIA
Técnicos do Nardini cruzam os braços
DATA DA PUBLICAÇÃO 18/10/2016 | Cidade
Prefeiturável critica falta de coletivos em Mauá e sugere mais fiscalização do sistema
Prefeiturável critica falta de coletivos em Mauá e sugere mais fiscalização do sistema Foto: Celso Luiz/DGABC
Foto: Celso Luiz/DGABC
Candidato a prefeito de Mauá pelo PSB, o deputado estadual Atila Jacomussi criticou a postura da atual administração diante de recentes denúncias sobre a transferência de coletivos que circulavam na cidade para Santo André. Desde que a Suzantur assumiu a operação de 15 linhas da Expresso Guarará, em processo de falência, para atuar na Vila Luzita, a população mauaense tem reclamado em relação a superlotação e intervalo maior entre os coletivos. O prefeito Donisete Braga (PT) se omitiu sobre o assunto.

O prefeiturável destaca a necessidade de mudanças no atual sistema de concessão das linhas municipais de Mauá. “Precisamos fortalecer o transporte municipal. Primeiro melhorando o sistema de bilhetagem, que hoje é responsável por longas filas no terminal. Posterior a isso, vamos intensificar o controle da frota da cidade. Hoje, não existe fiscalização nenhuma no serviço, por isso, vamos criar o Hora Certa, que será uma ferramenta para população ter controle sobre o horário em que irá passar sua linha”, destacou.

Em vídeo publicado em sua página do Facebook na semana passada, Atila já havia repercutido o descontentamento da população em relação ao sistema de transporte público do município. “Isso é um absurdo. E o povo de Mauá tem razão quando reclama da demora das linhas de ônibus nos seus bairros. São 40 e 50 minutos (de espera). E agora o Diário denuncia. Mais de 20 a 30 ônibus que deveriam estar rodando nas linhas da cidade de Mauá estão rodando na cidade de Santo André, mais precisamente na região da Vila Luzita”.

Na publicação, o deputado estadual aproveita para alfinetar seu adversário na disputa do segundo turno. “O povo de Mauá quer uma resposta, prefeito. O povo paga caro e quer um transporte de qualidade. Para isso, precisamos denunciar e cobrar. Porque o povo de Mauá não aguenta mais.”

Procurado mais uma vez pelo Diário, o prefeito Donisete Braga não retornou às ligações da equipe de reportagem. Desde a semana passada, quando as denúncias sobre transporte municipal de Mauá foram publicadas, o petista tem adotado conduta omissa sobre o assunto.

O problema no sistema de transporte público de Mauá, segundo apuração da equipe de reportagem, está diretamente relacionado à transferência de aproximadamente 20 a 30 veículos que circulavam na cidade para Santo André, onde a empresa opera desde o dia 8. Tanto a Suzantur como o Paço mauaense negam a informação.

Por Daniel Macário - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6229 dias no ar.