NOTÍCIA ANTERIOR
2.000 deixarão palafitas no Jardim Oratório
PRÓXIMA NOTÍCIA
Setor plástico vira balcão de negócios
DATA DA PUBLICAÇÃO 27/08/2007 | Cidade
Prefeituras ajudam as MPEs a exportar
Com o suporte de programas de apoio à exportação de prefeituras do Grande ABC, pequenas indústrias da região mantêm os esforços para vencer o desafio do dólar baixo e da forte concorrência no exterior.

É o caso da pequena confecção andreense Maria Chickinha, que está em vias de ingressar no mercado japonês.

A empresa, dedicada à produção de biquínis, preparou-se com cursos gratuitos oferecidos pelo SAX (Sistema de Apoio à Exportação), de Santo André, ao longo deste ano.

“Tivemos orientações de como formar os preços, pesquisar clientes e estruturar nosso departamento de exportação. Nesse meio tempo, uma companhia japonesa nos contatou, interessada por nossa linha de biquínis”, disse o gerente comercial, Geraldo Andrade.

Com criação própria e itens diferenciados, “com bordados e aplicações”, a Maria Chickinha deve ter os primeiros pedidos (de 2.000 peças por mês) para aquele mercado já em setembro.

Radar
Algumas pequenas empresas que já exportam também recorrem aos serviços municipais para buscar orientações.

A fabricante de máquinas alimentícias Instec, de Mauá, resolveu recorrer ao Maex (Mauá Apoio à Exportação) por conta de mudanças nas normas de aduana.

“Antes não era necessário ter o Radar (Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros), o cadastro que dá acesso ao Siscomex (Sistema Integrado de Comércio Exterior). Tivemos o apoio do Maex para isso”, relata o diretor da Instec, Antônio Carlos Ribeiro.

A empresa vende máquinas para produção de macarrão e de biscoitos e peças sobressalentes e hoje atende no exterior apenas o mercado paraguaio, que corresponde a 10% de seu faturamento.

No entanto, já foi sondada para vender seus produtos na Argentina e no Uruguai.

=> Esforço para vender ao exterior continua apesar do câmbio

O maior esforço de muitos empresários da região para exportar ocorre apesar da trajetória de queda do dólar frente ao real dos últimos anos.

Segundo o diretor titular do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) de Santo André, José Jaime Salgueiro, a queda do dólar – que acumula variação de 35%, de junho de 2004 até a última sexta-feira, – é um empecilho, ao retirar rentabilidade das vendas ao exterior.

No entanto, ele avalia que é importante exportar, o que pode propiciar ganhos em experiência, conhecimento de mercado, marketing, entre outros benefícios, “mesmo que seja para perder dinheiro”.

No entanto, se a instabilidade cambial continuar, pode haver dificuldades. Essa é a avaliação de Silvia Rodrigues, diretora da empresa fabricante de pães congelados Pão de Batata, de Diadema. Ela recebeu suporte do SAX e está prestes a fechar contratos com clientes nos EUA. “Hoje o câmbio não atrapalha tanto porque o pedido ainda é pequeno.”

=> Auxílio inclui cursos gratuitos e visitas técnicas

Os órgãos das prefeituras que oferecem apoio para exportação realizam desde cursos e consultorias gratuitas a visitas a instituições.

O SAX, de Santo André, está com inscrições abertas para pequenos empresários que desejam participar, nesta quarta-feira, de visita técnica à sede central dos Correios, em São Paulo. Há uma taxa de R$ 25 para o transporte. A intenção é apresentar procedimentos relacionados à remessa de mercadorias pelo sistema Exporta-Fácil – direcionado para pequenos volumes e valores (até US$ 20 mil por remessa e até 30 kg).

Além disso, amanhã começam as aulas da segunda turma do programa gratuito Capacitar para Exportar, do SAX, que dura cinco meses e qualifica as pequenas empresas em comércio exterior.

Por sua vez, o Maex, de Mauá, oferece consultoria, também sem custo, por meio da empresa Porti Plus, que acaba de vencer licitação aberta pela Prefeitura para oferecer esses serviços.

Serviço: SAX: informações pelo telefone 4433-0493 ou 4433-0474. Maex: 4555-1567 ou 4513-3242.

Por Leone Farias - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6337 dias no ar.