NOTÍCIA ANTERIOR
Conheça os quatro novos campeões da várzea do ABCD
PRÓXIMA NOTÍCIA
Atila anuncia equipe nesta quarta e indica assessor para supersecretaria
DATA DA PUBLICAÇÃO 13/12/2016 | Cidade
Polo Petroquímico exerce forte influência no desenvolvimento de Mauá
Polo Petroquímico exerce forte influência no desenvolvimento de Mauá     Vista da Braskem no Polo Petroquímico de Capuava, no ABCD / Divulgação
Vista da Braskem no Polo Petroquímico de Capuava, no ABCD / Divulgação
Parque industrial tem grande impacto na arrecadação tributária e na geração de emprego e renda; Mauá completa 62 anos neste 8 de dezembro

O Polo Petroquímico de Capuava, um dos maiores parques industriais do País, tem forte influência no desenvolvimento econômico e social de Mauá, que completa 62 anos de emancipação nesta quinta-feira, 8 de dezembro. Atualmente 14 indústrias compõem o Polo, das quais companhias como Air Liquide, AkzoNobel, Bandeirante Química, Braskem, Cabot, Chevron Oronite, Oxiteno, quantiQ e Vitopel estão localizadas no município.

“Dentro da cadeia produtiva do setor químico no ABC, o Polo Petroquímico contribui fortemente para o desenvolvimento econômico e social da região, com grande impacto direto em geração de emprego e renda e arrecadação tributária nos municípios de Mauá e Santo André”, avalia Claudemir Peres, presidente do Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC (COFIP ABC).

Em 2014, o Polo Petroquímico apresentou R$ 8,6 bilhões de faturamento, R$ 2,2 bilhões de Valor Adicionado Fiscal e 10 mil empregos formais, sendo 2.500 diretos e 7.500 indiretos, segundo estudo realizado pela consultoria especializada MaxiQuim. Do processamento de produtos como eteno, propeno e polipropileno, provém parcela significativa dos impostos recolhidos, sendo 66% da arrecadação de Mauá e 36% da arrecadação de Santo André, ambos em ICMS.

Com foco em promover o desenvolvimento sustentável da região, o COFIP ABC atua como articulador de ações compartilhadas entre as empresas e interlocutor do setor industrial com seus principais públicos de interesse. “A entidade acredita que a produção industrial gera riqueza, arrecadação tributária, emprego e renda em um círculo virtuoso que beneficia todos: empresas, trabalhadores, cidadãos e municípios do ABC”, afirma Peres.

Inaugurado em 1972, o Polo é formado por diversas empresas que atuam na extensa cadeia produtiva do setor, incluindo desde refinaria de petróleo até engarrafadoras de gás. Por ser uma indústria de base, a petroquímica é considerada a primeira geração da indústria química e elo inicial de diversos segmentos de mercado, como plástico, borracha, tintas e vernizes, higiene e limpeza, entre outros.

SOBRE O COFIP ABC

O COFIP ABC – Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC – é uma entidade criada em 2015 com o propósito de gerar sinergia entre as indústrias, o poder público e a comunidade, em prol do desenvolvimento sustentável da região do Grande ABC/SP. A instituição representa suas associadas em áreas específicas, ao promover ações positivas e identificar oportunidades por meio de grupos técnicos. Atualmente o Comitê possui 10 empresas associadas: Air Liquide, AkzoNobel, Aquapolo, Bandeirante Química, Braskem, Cabot, Chevron Oronite, Oxiteno, quantiQ e Vitopel, e o Plano de Auxílio Mútuo – PAM Capuava – que é um departamento da instituição. Acesse www.cofipabc.com.br

Por Companhia de Imprensa - Maria do Socorro Diogo
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6240 dias no ar.