NOTÍCIA ANTERIOR
Paulo Suares assume Sama e prepara terreno para Sabesp
PRÓXIMA NOTÍCIA
Dupla com flauta e violão apresenta show de graça no Sesi Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 13/11/2015 | Cidade
Polícia Civil prende cinco pessoas por sequestro em Mauá
Polícia Civil prende cinco pessoas por sequestro em Mauá Foto: Nario Barbosa/DGABC
Foto: Nario Barbosa/DGABC
Policiais civis da Delegacia Seccional de Santo André, que também compreende as cidades de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, prenderam ontem cinco pessoas por sequestro e liberaram uma vítima ilesa de cativeiro na Zona Leste da Capital. A mandante do crime, que aconteceu em Mauá, era a ex-mulher do padrasto da vítima. Um dos suspeitos foi morto durante a captura.

Conforme o delegado titular de Mauá, Alberto José de Mesquita Alves, o sequestro aconteceu no Parque São Vicente no sábado, por volta das 22h. “A vítima de 28 anos estava no carro com as duas filhas, no banco de trás, e o namorado de moto. Eles levaram somente ela, mediante ameaça com arma de fogo. Usaram o celular dela para pedir o resgate logo depois”, afirmou.

A investigação já tinha conseguido rastrear o local do cativeiro por meio dos pedidos de resgate. Os valores exigidos pelos sequestradores chegaram a R$ 3 milhões. A polícia desconfiava que um conhecido estava envolvido no crime, por causa dos detalhes fornecidos pelos sequestradores.

Os agentes conseguiram localizar um dos indivíduos na quarta-feira, preso enquanto fazia boletim de ocorrência no bairro Cidade Tiradentes, na Capital. Eguinaldo de Jesus, 49, levou a polícia ao cativeiro.

Lá a vítima, que não estava machucada, foi liberada. Foram presos no local Gabriela Aparecida Xavier da Silva, 22, e o namorado Vinicius Beserra dos Santos Nunes, 19, que era proprietário do apartamento. Outro integrante da quadrilha, José Domingos de Brito, 22, foi morto em São Mateus quando abriu a porta de casa empunhando arma de fogo.

Após interrogatório, a Polícia Civil conseguiu chegar a Jucilene Taleni Andrade, 40, ex-mulher do padrasto da vítima, e seu atual marido, Valtenis Andrade de Moura Júnior, 21. Os dois eram os mandantes do crime. A mulher, que não mantinha relações com o padrasto da vítima há três anos, não se conformava com o fim do relacionamento.

As cinco pessoas foram presas e serão acusadas de extorsão mediante sequestro, tortura e associação criminosa. Um sexto suspeito ainda está foragido. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Mauá.

Por Yara Ferraz - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6478 dias no ar.