NOTÍCIA ANTERIOR
Futuro de Oswaldo nas mãos de Damo
PRÓXIMA NOTÍCIA
Lavador rouba ônibus e atola no barro em Ribeirão Pires
DATA DA PUBLICAÇÃO 12/02/2008 | Cidade
Piscinão começa a ser recuperado
Após dois anos inoperante, começaram ontem os trabalhos de recuperação do piscinão Petrobras, em Mauá.

O reservatório está fora de uso desde que cabos e equipamentos elétricos fundamentais para seu funcionamento foram furtados, em setembro de 2005.

Durante todo esse tempo, três bombas responsáveis pelo escoamento da água ficaram submersas e inativas. Agora, o governo estadual irá recuperá-las sob investimento de R$ 1,9 milhões.

Um tanto inusitado, o resgate do conjunto de bombas ficou a cargo de um mergulhador profissional, especializado neste tipo de tarefa.

Os equipamentos são capazes de bombear mil litros de água por segundo.

O piscinão Petrobras, que fica no bairro Capuava, tem capacidade para acumular 800 milhões de litros de águas pluviais.

Hoje, o reservatório está com 450 milhões de litros d’água e o esvaziamento acontece de forma paliativa por meio de comportas.

O AT-a, como é oficialmente chamado – é o maior reservatório do gênero construído pelo governo do Estado para controlar as enchentes na bacia do rio Tamanduateí.

Demora
“Esperamos que a Prefeitura fizesse (manutenção), mas isso não aconteceu e o governo deu permissão para que se investisse na recuperação das bombas”, contou o o superintendente do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), Ubirajara Tannuri Felix.

O impasse sobre quem deveria arcar com a recuperação dos equipamentos furtados se deveu ao fato de que as Prefeituras são, inicialmente, a responsáveis pela segurança do local e o Estado apenas pela limpeza.

“Vamos colocar segurança 24h aqui”, disse o prefeito Leonel Damo.

Para reforçar o policiamento também serão instaladas seis câmeras no local.

De acordo com o superintendente do DAEE, a licitação para escolha da empresa que limpará os 18 piscinões da região foi concluída.

A limpeza, que estava prometida para novembro de 2007, sofreu atrasos.

Amanhã, representantes do DAEE voltam à região para reunião no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Por Isis Mastromano Correia - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6405 dias no ar.