NOTÍCIA ANTERIOR
Hospital Nardini participa do Congresso Brasileiro de Psiquiatria
PRÓXIMA NOTÍCIA
Polícia prende homem por trabalho escravo
DATA DA PUBLICAÇÃO 24/11/2016 | Cidade
Paralisação de técnicos radiológicos continua
Paralisação de técnicos radiológicos continua Foto: André Henriques/DGABC
Foto: André Henriques/DGABC
A paralisação dos serviços de radiologia do Hospital Nardini, em Mauá, entra hoje no sexto dia. Embora a Prefeitura prometa o retorno do atendimento realizado por 22 técnicos terceirizados da SPX Imagens amanhã, o Sintaresp (Sindicato dos Tecnólogos, Técnicos e Auxiliar em Radiologia de São Paulo) nega qualquer acordo com a administração. A gestão Donisete Braga (PT) deve R$ 700 mil à empresa.

Sem os serviços de radiografia e tomografia, o atendimento é restrito a pacientes internados em estado crítico, fazendo com que a população realize exames de raio X nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

De acordo com o porta-voz do Sintaresp, Mário Cesar Mandoca, a Secretaria de Saúde não deu posição sobre o pagamento dos funcionários até o final da tarde de ontem. “Como não entraram em contato conosco, a paralisação continua. A população está pagando pela falta de compromisso da Prefeitura”, salienta.

Enquanto esperava o irmão do lado de fora do hospital, o autônomo Flávio Murakame, 28 anos, conta que teve de ir até a UPA Barão de Mauá (longe cinco quilômetros do Nardini). “Meu irmão deslocou o dedo. Mesmo não sendo tão grave, tivemos de perder muito tempo para a realização do exame em outro local”, reclama.

Com o braço quebrado, o gráfico Edeilson Roberto, 29, também teve que se dirigir até a UPA Barão de Mauá para realizar o exame. “Acabei de chegar da UPA, que também está cheia. Todos estão indo pra lá”, comenta.

“Ouvi muitas pessoas reclamando por não conseguirem fazer o exames de raio X”, revela a secretária Samatieli Souza, 27. “Tive sorte de não precisar desses serviços paralisados, porque (o hospital) está lotado, cheio de macas pelos corredores.”

Em nota, a Prefeitura de Mauá informou que o impasse acerca do atraso nos pagamentos foi solucionado durante tratativa entre representantes do Paço, Nardini e da SPX Imagens. O Executivo reforçou que os “moradores atendidos no pronto-socorro do hospital não deixam de realizar os exames porque são encaminhados para os serviços que compõem a rede municipal de Saúde, como as UPAs.”

Por Leonardo Santos - Especial para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6239 dias no ar.