NOTÍCIA ANTERIOR
Lista de remédios que ficaram mais baratos sobe para 1.645 itens
PRÓXIMA NOTÍCIA
ANTT: 19 mil turistas chegaram ao País de ônibus na Copa
DATA DA PUBLICAÇÃO 23/07/2014 | Economia
Parada da Braskem demanda quatro mil empregos temporários na Região
Parada da Braskem demanda quatro mil empregos temporários na Região Parada para manutenção ocorre a cada seis anos. Foto: Divulgação   Manutenção dos equipamentos está prevista para durar 35 dias a partir de setembro   A Braskem, indústria de resinas termoplásticas que compõe o Polo Petroquímico do ABCD, realizará interrupção das atividades entre 6 de setembro e 10 de outubro para manutenção dos equipamentos, implantação de projetos e aumento da capacidade produtiva. Esta ação, que ocorre a cada seis anos, atrairá mais de quatro mil empregos temporários e cerca de 90 empresas para os serviços.  A empresa desenvolveu um programa de cadastro e treinamento de trabalhadores durante os dois últimos anos com as secretarias de trabalho e renda das prefeituras de Santo André e Mauá (cidades onde estão localizadas as unidades). Há ainda convênio com o Senai
Parada para manutenção ocorre a cada seis anos. Foto: Divulgação Manutenção dos equipamentos está prevista para durar 35 dias a partir de setembro A Braskem, indústria de resinas termoplásticas que compõe o Polo Petroquímico do ABCD, realizará interrupção das atividades entre 6 de setembro e 10 de outubro para manutenção dos equipamentos, implantação de projetos e aumento da capacidade produtiva. Esta ação, que ocorre a cada seis anos, atrairá mais de quatro mil empregos temporários e cerca de 90 empresas para os serviços. A empresa desenvolveu um programa de cadastro e treinamento de trabalhadores durante os dois últimos anos com as secretarias de trabalho e renda das prefeituras de Santo André e Mauá (cidades onde estão localizadas as unidades). Há ainda convênio com o Senai
Manutenção dos equipamentos está prevista para durar 35 dias a partir de setembro

A Braskem, indústria de resinas termoplásticas que compõe o Polo Petroquímico do ABCD, realizará interrupção das atividades entre 6 de setembro e 10 de outubro para manutenção dos equipamentos, implantação de projetos e aumento da capacidade produtiva. Esta ação, que ocorre a cada seis anos, atrairá mais de quatro mil empregos temporários e cerca de 90 empresas para os serviços.

A empresa desenvolveu um programa de cadastro e treinamento de trabalhadores durante os dois últimos anos com as secretarias de trabalho e renda das prefeituras de Santo André e Mauá (cidades onde estão localizadas as unidades). Há ainda convênio com o Senai em Mauá para direcionar 250 alunos formados no início deste ano aos trabalhos. Entre os profissionais mais requisitados estão soldadores, montadores de andaimes, caldeireiro, eletricista e técnico em isolamento térmico.

De acordo com Antônio Emílio Meirelles, diretor operacional da Braskem, a valorização da mão de obra regional é prioridade da empresa durante todo o ano. “A parada gera empregos momentâneos para nós, mas estes trabalhadores estão ligados às empresas terceirizadas que continuam com as contratações”, disse o executivo nesta terça-feira (22/07) durante apresentação na sede da companhia.

Os trabalhos de manutenção serão realizados 22 horas por dia, com intervalo de troca de turnos, com descanso apenas no domingo. A comunidade do entorno é comunicada sobre o procedimento, que interrompe inclusive a queima dos gases residuais, assim como o aumento no fluxo de pessoas durante o dia – já que as unidades da Braskem no ABCD possuem cerca de quatro mil trabalhadores diretos e indiretos.

Segundo Meirelles, os 35 dias de manutenção equivalem a 150 mil toneladas de produção previstos e informados aos clientes desde o início do ano. “Esta é uma perda necessária que recuperamos com o tempo e com índice de confiabilidade nos equipamentos superior a 90%”, explica.

Na Região estão instaladas mais de 800 empresas do ramo químico, petroquímico, plástico, resinas sintéticas e farmacêutico que empregam cerca de 40 mil trabalhadores. Apenas a Braskem é responsável por R$ 41 bilhões de faturamento no setor, com investimentos em torno de R$ 200 milhões em inovação.

Por Iara Voros - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Economia
25/09/2018 | Operação mira sonegação de R$ 100 mi de grupos cervejeiros e cerca Proibida
25/09/2018 | Greve na Argentina cancela voos no Brasil nesta terça-feira
25/09/2018 | Demanda por GNV aumenta até 350% após alta na gasolina
As mais lidas de Economia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6194 dias no ar.