NOTÍCIA ANTERIOR
Crise gera receios e encolhe consumo
PRÓXIMA NOTÍCIA
Rede de ''fast food'' contrata no Grande ABC
DATA DA PUBLICAÇÃO 25/01/2009 | Economia
País tem cerca de 150 mil vagas de estágio disponíveis
Janeiro, fevereiro e março são os meses ideais para quem busca ingressar no mercado de trabalho. De acordo com dados da Abres ( Associação Brasileira de Estágios), estão abertas 150 mil vagas para os alunos de todo o País. Dessas, 105 mil são para o Nível Superior e 45 mil para o Ensino Médio.

O Nube ( Núcleo Brasileiro de Estágios) disponibiliza neste primeiro trimestre mais 10 mil ofertas para diferentes cidades.

Esse índice é 48% superior em relação ao mesmo período do ano passado. "Muitos alunos se formam no mês de dezembro, por isso, existe uma reposição natural de oportunidades. As vagas não caem do céu, por isso, esse é o momento certo para os estudantes buscarem um lugar no mercado de trabalho", aconselha Carlos Henrique Mencaci, presidente do Nube.

Levantamento divulgado pela Abres aponta que, no Brasil, há 900 mil estagiários, sendo 250 mil de Ensino Médio e 650 mil do Nível Superior. "Tivemos uma queda de 200 mil postos em relação a setembro devido à lei de estágios - que estipula mudanças como número máximo de estagiários por empresa - e a crise financeira mundial", explica Seme Arone Junior, presidente da Abres.

Esse quadro mudou após a publicação da Cartilha Esclarecedora sobre a Lei do Estágio, preparada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, em 24 de dezembro de 2008. "Muitas dúvidas foram esclarecidas, por isso, as empresas perceberam a segurança jurídica da nova lei e retomaram as contratações", ressalta Seme.

Segundo dados do último Censo do Inep/MEC há no Brasil 4,6 milhões de jovens matriculados no Ensino Superior. No entanto, somente 13,9% estagiam. Nos níveis Médio e Médio Técnico a concorrência ainda é maior; do total de alunos (8,3 milhões) apenas 3,02% conseguiram uma vaga.

A gerente de treinamento do Cedep (Centro de Desenvolvimento Profissional), Carmen Alonso, dá dicas para conquistar as melhores chances. "Os estudantes precisam enfrentar a competitividade e investir no seu potencial. Cursos extracurriculares, bom português, conhecimentos gerais e em outros idiomas são um diferencial na seleção", afirma.

Os interessados podem cadastrar-se gratuitamente no site www.nube.com.br e concorrer as vagas disponíveis.

Por Michele Loureiro - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Economia
25/09/2018 | Operação mira sonegação de R$ 100 mi de grupos cervejeiros e cerca Proibida
25/09/2018 | Greve na Argentina cancela voos no Brasil nesta terça-feira
25/09/2018 | Demanda por GNV aumenta até 350% após alta na gasolina
As mais lidas de Economia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6332 dias no ar.