NOTÍCIA ANTERIOR
Igreja ganha pintura vermelha e vira polêmica
PRÓXIMA NOTÍCIA
Fiéis celebram Dia de Santa Edwiges
DATA DA PUBLICAÇÃO 17/10/2013 | Setecidades
Operação Verão terá início em 1º de dezembro no ABCD
Operação Verão terá início em 1º de dezembro no ABCD Imagem Ilustrativa. Foto: www.jornalcidade.net
Imagem Ilustrativa. Foto: www.jornalcidade.net
Oficina Regional definiu ações comuns em Gestão de Riscos, incluindo levantamento para remoção preventiva de famílias de áreas críticas

As equipes de Defesa Civil e Planejamento Urbano dos municípios do ABCD definirão ainda neste mês de outubro, o total de moradias de áreas críticas que precisarão ser removidas antes da próxima temporada de chuvas. O levantamento deve ser apresentado à assembleia de prefeitos do Consórcio Intermunicipal visando articulação, junto ao governo do Estado, em busca de recursos para auxílio moradia e construção de unidades habitacionais vinculada às remoções emergenciais. A proposta foi aprovada por equipes técnicas das prefeituras durante a Oficina Regional de Planejamento das Ações Contingenciais Conjuntas, realizada nesta quarta-feira (16/10), na sede da entidade que reúne as sete prefeituras.

O levantamento deve também atualizar o número real de moradores que ocupam áreas de risco 3 e 4 (alto e muito alto), estimado em 2 mil famílias. A proposta de remoção imediata, no entanto, refere-se àquelas em situação ainda mais grave, que demandarão uma ação estratégica de curto prazo.

Durante a oficina foi anunciado o início da Operação Verão para 1º de dezembro, que este ano apresentará uma novidade: a criação de procedimentos uniformes para o Plano Preventivo de Defesa Civil desenvolvido nas sete cidades. Dessa forma, as ações seguiriam uma padronização, para qualificar e agilizar o atendimento das equipes.

No próximo período de chuvas, as Defesas Civis dos municípios devem contar também com o auxílio dos pluviômetros que estão sendo instalados nos municípios do ABCD pelo Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A entrega dos primeiros equipamentos foi anunciada em junho, no Consórcio.

Para o secretário executivo da entidade, Luis Paulo Bresciani, presente à abertura da oficina, a atuação do Grupo Temático Gestão de Riscos, composto por integrantes dos Grupos de Trabalho Planejamento Urbano e Defesa Civil do Consórcio, é fundamental para ampliar a articulação regional na área. “A atuação integrada ocorre no sentido de cobrir a distância existente entre maiores e menores municípios, aprimorando as ações e melhorando o seu caráter técnico”, disse.

Bresciani lembrou os avanços já conquistados pelo Consórcio na área de Gestão de Riscos desde 2011, como o investimento na estruturação de cada uma das Defesas Civis da região, que receberam duas viaturas e equipamentos básicos; o cadastramento dos municípios nos sistemas de alerta do Saisp (governo do Estado) e Cemaden (governo federal) e a contratação do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) para a elaboração de Planos de Redução de Riscos nos municípios da região que ainda não dispunham desse instrumento.

Na oficina regional, que reuniu técnicos das diversas secretarias envolvidas com a temática do risco (Habitação, Defesa Civil, Planejamento Urbano, Obras, Assistência Social, Meio Ambiente, Saúde, etc.), os participantes debateram propostas que serão agora sistematizadas. Entre elas estão a criação de protocolos de comunicação entre as Defesas Civis, a implantação dos Nudecs (Núcleos de Defesa Civil) em todos os municípios, o uso intensivo de SMS, blogs, redes sociais e rádios comunitárias para alertar a população em situações de emergência, a criação de uma rede de mobilizadores para remoção preventiva emergencial de moradores; e o estabelecimento de monitoramento pluvio-hidrológico associado a um sistema de alerta regional, entre outras.

Por ABCD Maior - Redação
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6229 dias no ar.