NOTÍCIA ANTERIOR
Empresas da região têm dificuldade de encontrar profissionais qualificados
PRÓXIMA NOTÍCIA
Vendas do comércio devem cair 9% em 2015
DATA DA PUBLICAÇÃO 07/12/2015 | Economia
Noivos acionam agência para pedidos que vão além do ''quer casar comigo?''
Noivos acionam agência para pedidos que vão além do ''quer casar comigo?'' Pedido de Jéssica e Luhana teve tour por SP com personagens de filmes (Foto: Ricardo Kirmayr/Divulgação)
Pedido de Jéssica e Luhana teve tour por SP com personagens de filmes (Foto: Ricardo Kirmayr/Divulgação)
Superproduções em pedidos incluem flashmob e ajuda de super-heróis.

Pedido custa a partir de R$ 3 mil e já teve noivo que pagou R$ 45 mil.


O marketeiro Renee Bertoletto pensava em pedir a namorada em casamento de um jeito "simples", durante um jantar. Já ela, a enfermeira Fernanda Moreira, sonhava com algo no estilo "conto de fadas". Para tornar o momento do "sim" tão especial, Renee venceu a vergonha de dançar em público e reuniu amigos para um flash mob antes do "quer casar comigo?".

O objetivo da gerente de contas Luhana Biló também era surpreender a namorada. Há um ano, ela conseguiu reunir amigos que toparam se fantasiar de personagens da Marvel, Disney e da série Harry Potter para entregar cartas e pistas durante um tour pela cidade de São Paulo. No ponto final, Luhara aguardava a companheira, a empresária Jéssica Mello, para fazer o pedido rodeada de balões coloridos, remetendo do filme "Up! Altas Aventuras".

"Ela é muito mais criativa do que eu. Sempre aparece com alguma surpresa. Então eu pensei em surpreendê-la pela primeira vez", disse a noiva Luhara. A produção quase cinematográfica foi registrada em fotos e vídeo, que já foi visualizado 140 mil vezes na internet.

Apesar de sempre querer algo especial para o dia em que fosse pedida em casamento, a analista de sistemas Marta Bonesi de Azevedo também não esperava tanta produção. "Foi mais do que eu esperava... Eu fiquei muito emocionada. Foi forte. Eu ficava pensando em cada detalhe, em como ele construiu essa história", descreveu.

O pedido organizado pelo noivo, o estudante de engenharia Robson Rodrigues, teve aluguel de limusine e um espaço reservado, em frente ao show de fontes iluminadas do Parque Ibirapuera, Zona Sul de São Paulo.

Renee, Luhara e Robson estão entre os noivos que decidiram contratar ajuda profissional para tornar os pedidos de casamento ainda mais inesquecíveis e únicos. As sócias-proprietárias de uma agência do ramo, Bruna Brito e Thais Martarello, atuam na área há pouco mais de um ano.

Com escritório em São Paulo, mas com clientes de todo país e com atuação até no exterior, elas já organizaram 50 pedidos de casamento, com "100% de efetividade" para o "sim". O trabalho é semelhante a um cerimonial de casamento. Entre os serviços oferecidos está a própria montagem do cenário para o pedido e contratação de equipe de vídeo e fotos. Até hoje, o pedido mais caro organizado pelas empresárias custou R$ 45 mil e ocorreu na Itália.

As propostas personalizadas, com planejamento da agência do começo ao fim, o serviço tem valor inicial de R$ 3 mil. Quem quer investir menos do que isso, a empresa oferece caixas decoradas com temas românticos e com objetos para compor o pedido. Nesse caso, quem monta tudo é o autor do pedido. Mas, a agência garante que mesmo sendo mais "simples, a opção também se torna uma experiência inesquecível para o casal.

Clientela
"Normalmente eles (os futuros noivos) falam: 'eu não tenho ideia, quero fazer um pedido de casamento, me ajuda'. Ou: eu tenho algumas ideias, mas não sei como fazer, preciso da ajuda de vocês. A palavra é sempre ajuda", explicou Bruna Brito. "É o que eu falo: eu não posso garantir o 'sim', mas eu faço de tudo para que esse 'sim' venha. E eu acho ele vem através desses detalhes que a gente se preocupa em organizar", completou.

A gente fala que as pessoas se preocupam tanto com o casamento, que a pessoa vai gastar, vai se preocupar com os convidados. O pedido de casamento não. É uma coisa muito do casal."
Thais Martarello, dona de agência que
organiza pedidos de casamento

Os clientes que procuram ajuda profissional para o pedido de casamento têm diferentes perfis: dizem que não tem a criatividade necessária, ou que precisam de alguém que desenvolva essas ideias pra eles, ou até mesmo aqueles que não têm tempo de organizar a "produção" esperada. Para fugir da impessoalidade, as empresárias garantem que, mesmo com a contratação da agência, o pedido é totalmente personalizado para o casal.

"A gente tem uma conversa para ir bem a fundo sobre o relacionamento com o noivo. A gente faz algumas perguntas para provocar o noivo a ele pensar em momentos e detalhes pra que aquele pedido seja personalizado, para que a noiva olhe e pense: 'nossa, isso realmente foi feito pra mim. Ele pensou em cada detalhe'", explicou a sócia Thais Martarello.

"É a maior declaração de amor que um homem pode fazer pra uma mulher e uma mulher pra um homem, porque é um momento muito especial do casal. A gente fala que as pessoas se preocupam tanto com o casamento, que a pessoa vai gastar, vai se preocupar com os convidados. O pedido de casamento não. É uma coisa muito do casal. Você só vai pensar na pessoa que está recebendo, no que vai agradar mais ela", completa Thais.

Flash mob e coragem para dançar
"Eu sempre fui muito romântica, super sonhadora. Então eu sempre falava pra ele: por favor, quando for me pedir faz uma coisa bem especial, mas no fundo eu acho que eu falava por falar, porque ele é bem tímido", relatou a enfermeira Fernanda Moreira.

O noivo, Renee Bertoletto, contou que nunca pensou em algo diferente do tradicional para pedi-la em casamento "Não tinha ideia do que fazer. Para mim, eu ia sair para jantar e eu ia pedir em casamento. Tanto que no briefing (para agência) eu lancei essa ideia, mas as meninas disseram que não tinha nada a ver".

Eu queria que o pedido do meu casamento fosse especial, e ele conseguiu que fosse inesquecível na minha vida e da minha família. Até hoje quando eu vejo meu pedido, eu choro"
Fernanda Moreira, enfermeira e noiva

Depois de contratar a agência, Renee recebeu três propostas de pedidos. "Uma delas era um flash mob. Era a cara da Fernanda, mas eu falei que não ia dançar de jeito nenhum. As meninas me convenceram, me falavam que se eu fizesse ela ia gostar, ai foi indo. Elas me levaram para uma aula de dança e me ajudaram a convencer meus amigos"

Fernanda achava que o dia 19 de outubro de 2014 seria apenas um almoço de domingo. Quando chegou ao restaurante na capital, bailarinos contratados por Renee começaram a dançar e, pouco a pouco, amigos e familiares se reuniram ao grupo, embalado pela música Everything, de Michael Bublé. O último a levantar foi Renee, que depois de completar a dança, chamou a namorada para fazer o pedido, rodeados de balões em formato de coração.

"Quando meus amigos começaram a levantar e participar da dança, eu ainda falei pra ele que achava que um amigo nosso ia pedir a namorada em casamento. E ele foi me dando corda. Mas quando ele levantou, eu pensei: 'meu Deus do céu, está acontecendo.. Ele vai me pedir em casamento'", relembra a enfermeira Fernanda Moreira.

"Eu queria que o pedido do meu casamento fosse especial, e ele conseguiu que fosse inesquecível na minha vida e da minha família. Até hoje quando eu vejo meu pedido, eu choro", completou.

Personagens pela cidade
No dia 27 de setembro de 2014, alguns pontos importantes da cidade de São Paulo foram ocupados por super-heróis e personagens de filmes para o pedido de casamento feito pela gerente de contas Luhana Biló. O motivo, segundo ela, é porque a namorada, a empresária Jéssica Mello, é fã de produções da Marvel, Disney e da série Harry Potter.

"Ela é dona de uma loja de enfeites e sempre cresceu no meio desse mundo de personagens. Por isso, eu sempre pensei em fazer um pedido relacionado a isso. Mas decidi contratar a agência para impressionar, porque não podia dar nada errado", conta Luhana.

A produção e organização do pedido de casamento demorou um mês. As amigas, segundo a noiva, toparam na hora participar. Foram elas que se fantasiaram e entregaram cartas para Jéssica durante o tour pela capital.

No ponto final, Luhara esperava a namorada sentada em uma poltrona. O roteiro foi sugerido pelas donas da agência de pedido de casamento.

"Quando eu contei a história da Jéssica para a Bruna e a Thais (donas da agência de pedido de casamento), elas sugeriram colocar os personagens. E ai decidimos passar por cinco pontos que remetessem momentos especiais da nossa vida", explicou a gerente de contas.

Sem revelar quanto gastou no pedido, Luhara garante que "não foi nada absurdo" e garante que valeu a pena. "Ficou perfeito, nada deu errado. Foi totalmente de acordo com que a gente imaginou. Eu não teria feito aquilo elas fizeram, de jeito nenhum. Até hoje ela fala que foi o dia mais especial da vida dela. Ela nunca imaginou que alguém poderia ter feito algo tão detalhado e pensado nela. Elas profissionalizam uma ideia sua, tornam tudo real", disse.

Limusine e pedido no boné
"Acho que toda menina sonha com um pedido de casamento. Eu achava legal pelos filmes, e eu sempre quis um pedido especial pra mim, uma coisa que remetesse à nossa relação, tudo o que a gente já viveu, como nos conhecemos. Eu queria uma coisa mais individual e foi realmente isso que aconteceu", relembra a analista de sistemas Marta de Azevedo.

O então namorado dela, hoje noivo, o estudante de engenharia Robson Rodrigues, sabia da responsabilidade para fazer algo especial, mas não tinha pensado em como faria o pedido. A solução ele achou na internet, após uma sugestão de página da agência no Facebook.

Acho que toda menina sonha com um pedido de casamento. Eu achava legal pelos filmes, e eu sempre quis um pedido especial pra mim (...) e foi realmente isso que aconteceu"
Marta de Azevedo, analista de sistemas e noiva

"Eu entrei para ver e comecei a assistir aos vídeos. Eu pensei: 'não acredito que tem alguém que pensou nisso, ter alguém para ajudar. Eu sempre tive vontade (de fazer um pedido) e achei alguém para ajudar. As coisas começaram a acontecer, foi chegando próximo da data pré-definida e foi quando eu tomei a decisão para fechar com a agência", relatou.

O pedido foi feito no dia 26 de agosto desse ano. Depois de ser "enganada" na entrada de um restaurante por uma suposta equipe de publicidade, oferecendo um passeio promocional (e de graça!) em uma limusine, Marta e o noivo rodaram pela Zona Sul da cidade até o Parque Ibirapuera.

No gramado, em frente à fonte do lago, estava um banco, com um buquê de rosas, e o noivo ajoelhado. O "casa comigo?" foi escrito em um boné. Mas a escolha não foi por acaso: o acessório, há quatro anos, foi o motivo de o casal se conhecer antes de um show em São Bernardo do Campo.

Por Isabela Leite - G1, em São Paulo
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Economia
25/09/2018 | Operação mira sonegação de R$ 100 mi de grupos cervejeiros e cerca Proibida
25/09/2018 | Greve na Argentina cancela voos no Brasil nesta terça-feira
25/09/2018 | Demanda por GNV aumenta até 350% após alta na gasolina
As mais lidas de Economia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6288 dias no ar.