NOTÍCIA ANTERIOR
Audax/Corinthians vence e conquista título inédito da Copa do Brasil Feminino
PRÓXIMA NOTÍCIA
São Paulo já vendeu mais de 46 mil ingressos para clássico com Corinthians
DATA DA PUBLICAÇÃO 03/11/2016 | Esportes
Netuno só joga de dia
O Água Santa deverá realizar a maioria dos seus jogos como mandante no Campeonato Paulista da Série A-2 de 2017, no Estádio do Inamar, nos períodos da manhã e da tarde. Isso porque o clube determinou que não vai mexer no sistema de iluminação instalado para a elite estadual deste ano que, entretanto, atendia apenas parcialmente. Tanto que o Netuno realizou partidas de 2016 apenas nos períodos matutino e vespertino e, no único jogo ao entardecer, na última rodada, contra o São Bernardo, teve de recorrer a refletores improvisados que geraram reclamação por conta da menor potência que as habituais torres.

De acordo com o presidente Paulo Sirqueira, o acidente que aconteceu no Inamar há um ano, com a queda de parte da arquibancada, foi muito oneroso ao clube e, assim, não estão previstas mudanças ou melhorias para o ano que vem.

“A princípio não. Foi um ano de muita dificuldade, tivemos de construir o estádio em 45 dias, acabamos gastando mais do que estava previsto. Depois veio a recessão, que continua. Não está previsto dentro do nosso orçamento mexer em nada”, declarou Sirqueira.

O mandatário, aliás, destacou que o dinheiro investido para que o Inamar tivesse apto para receber os jogos do Paulistão influenciou na campanha do time – que acabou rebaixado. “Foi inclusive isso que nos dificultou montar uma equipe ainda mais forte no ano passado (para 2016). Então não vamos gastar nada. A estrutura que está lá atende e atende bem. Então vamos procurar montar um time competitivo”, disse o presidente, respaldado pelo regulamento da Série A-2, que obriga o clube a ter estádio para 8.000 pessoas e nível dois (que prevê iluminação como “recomendável”, mas não obrigatória).

Outra exigência da Federação Paulista de Futebol é que o preço mínimo dos ingressos da Série A-2 (ao menos em 2016) é de R$ 20. Segundo Paulo Siqueira, o valor é considerado alto, mas será mantido. “Diante da crise que o País enfrenta, se a gente conseguir ingresso ainda mais barato seria mais vantajoso, mas a Federação tem regra a seguir, então a gente não tem muito o que mudar nisso.”

Por Dérek Bittencourt - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Esportes
21/09/2018 | Tite convoca Pablo, Walace e Malcom para duelos contra Arábia Saudita e Argentina
20/09/2018 | Real Madrid atropela a Roma por 3 a 0 e inicia bem a luta pelo tetracampeonato
18/09/2018 | Jogador de vôlei que jogou em Santo André é encontrado morto na Espanha
As mais lidas de Esportes
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6239 dias no ar.