NOTÍCIA ANTERIOR
Motorista muda rotina por obras em Santo André
PRÓXIMA NOTÍCIA
Poluição mata mais que os acidentes de trânsito
DATA DA PUBLICAÇÃO 23/09/2013 | Setecidades
Nem tempo chuvoso atrapalha ações no Grande ABC
Nem tempo chuvoso atrapalha ações no Grande ABC Foto: Andréa Iseki/DGABC
Foto: Andréa Iseki/DGABC
A manhã nublada e eventuais garoas – que se tornariam chuva no início da tarde – foram ignoradas e os eventos programados para ontem em comemoração ao Dia Mundial Sem Carro no Grande ABC contaram com a participação de muita gente, pedalando ou andando pelas ruas da região.

Em Santo André, cerca de 600 pessoas, segundo os organizadores, tiraram a bicicleta de casa e pedalaram por cerca de dez quilômetros na 11ª edição do Passeio Ciclístico da Primavera, evento que celebra a chegada da estação mais florida do ano.

Organizada pelo Departamento de Lazer da Prefeitura, a iniciativa tem como meta melhorar a qualidade de vida da população. “Acabou calhando de ser no Dia Mundial Sem Carro. Estamos mostrando para as pessoas que é possível usar meio de transporte não poluente”, disse Paulo Honório Gomes, um dos organizadores da atividade.

Os ciclistas entenderam o recado. Famílias inteiras, casais e até idosos não se importaram de levantar cedo em pleno domingo para aproveitar as ruas andreenses.

“Trabalho no Centro, vi a placa promovendo o evento e resolvi vir com eles”, disse a administradora Renata Valverde Costa, 41 anos, referindo-se aos dois filhos que a acompanhavam: Nicolas, 10, e Isadora, 6. “Eles adoram andar de bicicleta. Ontem (sábado) vimos que elas estavam um pouco quebradas, com problemas, mas ainda bem que deu para arrumar rápido e vir.”

Se a ameaçadora chuva que o céu prometia deixou o passeio de Santo André em paz, o mesmo não aconteceu em São Bernardo. A cidade promoveu ações no Paço Municipal, incluindo uma ciclofaixa ao redor da Praça Samuel Sabatini e um circuito exclusivo para crianças, montado pelo Serviço de Educação e Segurança no Trânsito, além de atividades de educação ambiental.

Mas a chuva não deu trégua à tarde, e a presença de público acabou prejudicada. “Vim conferir, mas o jeito é voltar para casa e deixar outro dia para ela andar de bicicleta”, disse a dona de casa Joana Neves, 39, acompanhada pela filha Renata, 6.

Comemorado em 22 de setembro, o Dia Mundial Sem Carro foi criado na França, em 1997. A iniciativa chegou ao Brasil em 2001. Quatro anos depois, as ações foram implementadas nas cidades paulistas.

A agenda na região não teve apenas eventos com bicicleta. Em Mauá, cerca de 150 pessoas participaram da Caminhada pela Paz, que luta pelo desarmamento infantil. O trajeto de 5,6 quilômetros passou pelos jardins Itapeva e Adelina e contou com cerca de 150 pessoas, de acordo com os organizadores.

“Não costumo praticar esporte, mas a minha verdadeira motivação hoje é a luta pela paz”, frisou a enfermeira Alessandra Soares Dias Rolli, apoiada pela companheira de profissão, Eliane Vieira. “No mundo violento em que vivemos, é preciso se mobilizar na busca por melhorias. Assim que soube da caminhada (por meio de colegas de trabalho), me prontifiquei de imediato”, salientou.

Por Rafael Ribeiro e Vagner Aquino - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6189 dias no ar.