NOTÍCIA ANTERIOR
Passageiro pode solicitar paradas fora dos pontos em São Bernardo
PRÓXIMA NOTÍCIA
Grande ABC investiga três mortes suspeitas por H1N1
DATA DA PUBLICAÇÃO 06/04/2016 | Setecidades
Multas por invasão a faixas de ônibus têm queda de 27%
Multas por invasão a faixas de ônibus têm queda de 27% Foto: Celso Luiz/DGABC
Foto: Celso Luiz/DGABC
Um motorista foi multado a cada dez minutos por trafegar nas faixas exclusivas de ônibus do Grande ABC entre janeiro e março deste ano. O levantamento, realizado pelo Diário com base em dados repassados por três prefeituras da região que possuem em seu sistema viário espaço exclusivo destinado ao transporte público (Santo André, São Bernardo e Mauá), mostra que a quantidade de infrações apresentou queda de 27,49% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os dados apontam que no primeiro trimestre deste ano foram registradas 14.876 infrações do tipo, contra 20.515 autuações no mesmo período do ano passado.

A queda de infrações foi impulsionada principalmente por Santo André. O município registrou neste ano apenas 222 multas por invasão a faixas exclusivas, contra 2.586 no mesmo período de 2015, queda de 91,42%. De acordo com o Departamento de Trânsito da cidade, a redução foi ocasionada principalmente “por conta de respeito maior em relação à fiscalização eletrônica.”

São Bernardo foi outro município que também conseguiu reduzir neste ano a quantidade de multas. Foram 5.947 infrações neste primeiro trimestre, contra 9.489 no mesmo período de 2015.

Somente Mauá apresentou alta na quantidade de multas, saltando de 8.440 no primeiro trimestre do ano passado para 8.707 no mesmo período deste ano.

Para especialistas, a fiscalização mais rígida pode ter contribuído para a queda acentuada. Desde o ano passado, invadir faixas exclusivas para ônibus é considerada infração gravíssima. De acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), o motorista que trafegar em faixas e vias exclusivas para o transporte público nos horários proibidos poderá ter o carro apreendido, além de levar sete pontos na carteira e pagar multa no valor de R$ 191,54.

“O medo de ser flagrado e multado complementa o processo disciplinar. O motorista consciente até pode invadir de forma extemporânea a faixa, mas busca evitar. O que sabe que não pode, mas não vê problema em invadir para facilitar seu percurso, precisa ser coibido com o medo de ser multado”, relata o professor de Engenharia da FEI (Fundação Educacional Inaciana) Creso Peixoto, especialista em Transportes.

Os índices registrados entre janeiro e março deste ano apontam para primeira queda no número de infrações por invasão a faixas exclusivas desde que as prefeituras implantaram os corredores na região.

De acordo com o levantamento, em 2015 a quantidade de multas do tipo apresentou alta de 174,73% em comparação com 2014. Foram 103.735 no ano passado, contra 37.759 irregularidades durante o período anterior.

Por Daniel Macário - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6335 dias no ar.