NOTÍCIA ANTERIOR
Oswaldo reclama mais uma vez de dívidas herdadas
PRÓXIMA NOTÍCIA
Cover de Elvis Presley se apresenta em Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 25/10/2009 | Cidade
Moradores querem preservar área verde
Área de preservação permanente em Mauá receberá obras da Dersa e pode receber UFABC.

Cerca de 30 moradores do Parque São Vicente, em Mauá, lutam pela preservação de uma área verde de 200 mil m² que corre o risco de desaparecer. Localizada em uma região central da cidade, no fim da avenida Papa João 23, o terreno irá receber parte da nova via de ligação da Jacu-Pêssego, obra complementar ao trecho Sul do Rodoanel, e é estudada pela Prefeitura de Mauá para a construção de um campus da UFABC (Universidade Federal do ABC).

A área possui três lotes, cada um pertencente a um proprietário diferente. O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é dono da maior parte por onde passará a obra da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário) e que pode também receber a universidade. O segundo trecho, onde se localiza a maior faixa preservada, é da Eletropaulo. O terceiro lote é de um proprietário particular, e sofre a ação do descarte ilegal de entulhos.

O movimento pela criação do Horto São Vicente quer que a Prefeitura de Mauá garanta que a Dersa irá realizar compensação ambiental pela obra na própria região. De acordo com os ambientalistas, 40% da área, que é considerada de Preservação Permanente, está conservada, mas precisa de melhorias.

“Queremos que a Dersa faça as compensações aqui, não na Capital. Essa área está na lembrança dos moradores de Mauá, que chegaram a nadar aqui. Além disso, é um importante filtro da poluição que deve aumentar ainda mais com o Rodoanel”, explicou a hoteleira Renata da Silva Ribeiro, 33 anos.

A moradora da região iniciou neste sábado (24/10) um abaixo-assinado para pedir a preservação do local. O movimento realiza desde 2006 ações ambientais na área, como o plantio de 200 novas mudas e a criação de uma trilha para caminhada.

O professor de geografia Geraldo Jordão, 38 anos, conta que o terreno possui três nascentes, apenas uma delas preservada. “Há muitos animais aqui também. Mesmo os eucaliptos precisam ser preservados, pois servem de moradias para esses bichos”, explicou. O grupo não é contra a vinda da UFABC, mas pedem para que o campus seja construído na parte já devastada.

Quem quiser participar do abaixo-assinado pode acessar o blog do movimento www.hortosaovicente.blogspot.com.

Por Vanessa Selicani - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6405 dias no ar.