NOTÍCIA ANTERIOR
CPTR de Mauá tem 39 vagas de emprego na semana
PRÓXIMA NOTÍCIA
SAMA fecha balanço com o melhor desempenho dos últimos 17 anos
DATA DA PUBLICAÇÃO 24/01/2018 | Cidade
Moradores cobram ginásio poliesportivo
Moradores cobram ginásio poliesportivo Fechado desde 2009, equipamento público no Jardim IV Centenário deve ser entregue até julho. Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Fechado desde 2009, equipamento público no Jardim IV Centenário deve ser entregue até julho. Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Fechado desde 2009 por conta de problemas no telhado, o Ginásio Poliesportivo Prefeito Élio Bernardi, no Jardim IV Centenário, em Mauá, segue em obras há pelo menos 19 meses. A promessa é a de que o equipamento seja integrado ao CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), no entanto, até agora, o que moradores da área têm são transtornos, como área propícia para o encontro de usuários de drogas e falta de opções de lazer.

Em 2016, a Prefeitura iniciou o projeto de revitalização do ginásio, sem avanços. Quem olha de fora, pelos tapumes, observa que falta pouco para a obra ser concluída. Mesmo assim, a demora para a entrega do local incomoda os moradores, como é o caso do supervisor de vendas Pedro Tortti, 22 anos. “Moro aqui e lembro quando o telhado caiu, faz muito tempo. Mesmo depois de todos esses anos, o ginásio ainda não pode ser usado pela população”, lamenta.

Luis de Melo Ferreira, 49, comerciante, fala que o abandono do local por tanto tempo gera desânimo. “Faz mais de dez anos não tem nada nesse lugar. A gente quer o ginásio, mas está difícil”, critica.

Já o mecânico aposentado Agnaldo Medeiros, 67, morador do bairro há dez anos, sonha em ver o espaço finalizado. “Não tem muita opção de lazer por aqui, e é triste ver que um local como esse está parado todo esse tempo. Acredito que vou ver esse ginásio em uso, e levar meus netinhos para conhecerem”, diz.

Placa localizada no lado externo do equipamento indica que foi investido R$ 1,7 milhão no local. A promotora de vendas Priscila da Silva, 26, sabe que, além de oferecer entretenimento e lazer aos cidadãos de Mauá, quando o projeto ficar pronto também terá vagas de trabalho disponíveis. “Quero que terminem logo essa obra. Sei que vai gerar emprego na área e eu já estou de olho”, destaca a jovem. Priscila tem uma filha pequena e pensa em conseguir trabalho perto de casa para facilitar o dia a dia.

Em nota, a Prefeitura de Mauá informou que em janeiro de 2017 a obra citada estava paralisada. A gestão prevê a construção de espaço multidisciplinar, com pista de skate, salas multiuso e área para atividades culturais. A previsão de entrega é até o fim do primeiro semestre.

Por Bianca Barbosa - Especial para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6229 dias no ar.