NOTÍCIA ANTERIOR
Mazatlán mescla praias com história
PRÓXIMA NOTÍCIA
Resorts e estradas de Cabo San Lucas datam dos anos 1970
DATA DA PUBLICAÇÃO 18/10/2010 | Turismo
Monumental arco de pedra distingue Cabo San Lucas
Em Cabo San Lucas, na porção mais ao sul da península da Baixa Califórnia, o monumental Arco e formações rochosas denominadas "Os Frades", permanentemente batidos por ondas oceânicas, marcam o encontro das águas do mar de Cortés com o Pacífico.

Mais interessado em achar ouro do que em admirar paisagens, o conquistador espanhol Hernán de Cortés (1485-1547) divisou o local em 1535, mas não deu muita importância à descoberta.

Foi também por ali, em 1587, que o pirata inglês Thomas Cavendish atacou o galeão espanhol Santa Ana.

Alguns anos depois, em 1602, a Espanha enviou à região o general Sebastião Vizcaíno, encarregado de identificar onde podiam ser edificados portos e fortes.

Em 1642, apareceu por lá outro importante explorador espanhol, Juan Rodríguez Cabrillo, cuja história se confunde com a da Califórnia.

Durante muito tempo, bucaneiros britânicos e holandeses usaram a área para engendrar ataques a barcos comerciais espanhóis que faziam a rota entre Manila, nas Filipinas, e a Espanha.

Foi só em 1730 que os jesuítas estabeleceram a vila vizinha,São José del Cabo.

O Entorno

Ligada a Cabo San Lucas por uma estrada à beira-mar de 33 km, a cidade de San José del Cabo tem até mais características históricas.

Mas a primeira, marcada pelas monumentais pedras batidas pelo mar, revela também sua face mexicana por detrás da marina, na parte mais alta, no entorno do singelo museu de geologia e da igreja de Cabo San Lucas, de 1746, edificada por missionários espanhóis.

Perto do museu, o pitoresco Restaurante Mi Casa tem um pátio interno, loja de suvenires e serve saborosos pratos como costeletas de porco ao molho de tamarindo, fajitas de frango ou carne, coquetel de camarões e, para sobremesa, arroz-doce com sorvete de manga (110 pesos).

Praias e Mergulho

A grande maioria dos veranistas se concentra na praia El Médano, mas, de barco, em passeios que podem ser contratados a bordo dos transatlânticos ou na marina Cabo San Lucas, dá para chegar a praias mais abrigadas.

É o caso da baía Santa Maria e da baía Chileno, dois bons lugares para mergulho.

Ao redor de Cabo San Lucas, a paisagem é árida, há poucos arbustos tortuosos que não escondem a terra dura da cor da areia.

A temperatura chega facilmente aos 40 ºC. Sendo assim, não esqueça de levar filtro solar, uma garrafa de água e de usar roupas leves.

Na volta ao píer, há chuveiros públicos para tirar a água salgada do corpo antes de zanzar pela parte mais histórica da cidade.

Silvio Cioffi , editor de Turismo, viajou a convite da Royal Caribbean

Por Silvio Cioffi - Editor de Turismo, Folha Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Turismo
18/09/2018 | Brasileiros precisarão de autorização de viagem para entrar na Europa a partir de 2021
17/09/2018 | Halloween Horror Nights 2018, do Universal Orlando, já está aberto
31/08/2018 | Campos do Jordão para crianças
As mais lidas de Turismo
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6198 dias no ar.