NOTÍCIA ANTERIOR
Morre Vida Alves, atriz que deu o primeiro beijo da televisão brasileira
PRÓXIMA NOTÍCIA
Safadão no pedaço
DATA DA PUBLICAÇÃO 05/01/2017 | Cultura
''Moana'': Dar emoção a princesa sem príncipe foi desafio, dizem diretores
''Moana'': Dar emoção a princesa sem príncipe foi desafio, dizem diretores
John Musker e Ron Clements falam ao G1 sobre heroína 'durona', que segue tendência da Disney de modernizar seus personagens; veja vídeo.



No rastro do esforço da Disney para modernizar seus personagens, os diretores John Musker e Ron Clements começaram a planejar "Moana – Um mar de aventuras" já sem a pretensão de seguir à risca a receita básica dos filmes de princesa. Quem for aos cinemas brasileiros a partir desta quinta-feira (5) não verá uma donzela em perigo salva por um príncipe valente.

Leia a crítica de 'Moana – Um mar de aventuras'.

A primeira coisa a eliminar foi ele, o príncipe. Na trama, a adolescente polinésia de 16 anos navega pelo Oceano Pacífico sem esbarrar em um interesse amoroso. "Não é uma história de amor. É sobre essa jovem enfrentando um obstáculo atrás do outro e tentando provar para si mesma que ela é a pessoa que deveria ser, a heroína que deveria ser", explica Clements ao G1.

Mas abdicar de um romance que faça brilhar os olhos dos espectadores foi um dos principais desafios da construção do filme, segundo a dupla. "Precisávamos que a história ainda tivesse emoção", diz Musker. "Nós sabíamos que teríamos que fazer a relação entre ela e Maui ser muito forte emocionalmente. E também há a personagem da avó, com quem ela tem uma conexão emocional muito poderosa."

Porte atlético

Maui é o parceiro de aventuras da protagonista, um "mentor meio questionável", como definem os diretores. Ao lado dele - e após ser convencida pela avó -, Moana navega com a missão de devolver o coração de uma deusa lendária e livrar a ilha onde mora de uma maldição que drena a vida no lugar. Juntos, os dois encaram a fúria de estranhas criaturas do oceano.

Para que não "parecesse menor do que as forças que enfrenta", afirmam Musker e Clements, Moana ganhou porte atlético, bem diferente do biotipo Barbie das princesas mais tradicionais da Disney. "Nós gostamos da ideia de dar uma aparência forte às suas pernas e braços, já que ela é uma heroína de ação e aventura. Queríamos acreditar que ela tem a postura física certa para isso."

"Ela é a filha do chefe, então isso a torna uma princesa. Mas é um tipo diferente de princesa. Diferente de qualquer outra que fizemos antes", avalia Clements. "É uma princesa durona", define Musker. "Você quase pode tirar o gênero da história e dizer: ‘É um herói masculino’. Acho que isso cria um novo impulso em um território desconhecido."

Princesa gay no futuro?

Veteranos na Disney, Musker e Clements são responsáveis por outras personagens femininas que desafiam padrões, com traços de diferentes partes do mundo - entre elas Tiana, de "A princesa e o sapo" (2009), a primeira princesa negra do estúdio, e a rebelde Jasmine, de "Aladdin" (1992), que é árabe.

"Nós gostamos de ter um elenco diversificado de princesas, de ver diferentes países ao redor mundo, através das marcas pessoais, pele negra, cabelo escuro, características da Ásia, Oriente Médio, Europa ou América Latina, com as quais as pessoas consigam se identificar", diz Musker. "Uma garotinha pode olhar e dizer: ‘Ela se parece comigo’. E se imaginar dentro do filme."

A Disney tem sido receptiva a ideias como essa, de acordo com a dupla, que não descarta um futuro ainda mais transgressor, em que será possível haver uma princesa gay, por exemplo. "Acho que tudo é possível. Como o mundo evolui, os filmes e as heroínas da Disney continuarão a evoluir", prevê Clements.

Por Carol Prado - G1
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Cultura
25/09/2018 | Encontro com o passado
21/09/2018 | ''Sou muito feminino, isso é uma grande qualidade'', diz Chay Suede a Pedro Bial
20/09/2018 | Avril Lavigne lança Head Above Water, música sobre a doença a qual sofre
As mais lidas de Cultura
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6240 dias no ar.