NOTÍCIA ANTERIOR
Donisete Braga aprova ações de Oswaldo Dias
PRÓXIMA NOTÍCIA
Córrego Oratório nasce com esgoto em Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 14/02/2011 | Cidade
Mauá vai criar Gabinete de Gestão contra violência
Com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade na cidade, a Prefeitura de Mauá vai criar um Gabinete Municipal de Gestão Integrada, que reunirá representantes da sociedade civil, polícias Militar e Civil, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros, para elaboração de estratégias conjuntas de prevenção e repressão à violência.

Este é o primeiro passo da cidade para integrar o programa do governo federal Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública e Cidadania). Apesar de ainda não haver data para assinatura do convênio, Mauá será a quarta cidade do ABCD a integrar o programa, que já conta com a adesão de Santo André, São Bernardo e Diadema. “Estivemos em Brasília e o ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, mostrou muito interesse em implantar as ações do programa no município”, disse o secretário de Segurança Pública de Mauá, Carlos Wilson Tomaz.

Foi entregue ao ministro um diagnóstico com os indicadores de criminalidade da cidade. “Apesar de termos registrado diminuição considerável, temos de trabalhar para baixar ainda mais esses índices. A implantação do Pronasci nos ajudará a colocar em prática projetos sociais que visam o combate à criminalidade por meio da prevenção”, disse o secretário.

De acordo com Tomaz, essas ações que integram o programa do governo federal ajudarão a tirar jovens das ruas, por meio de atividades esportivas e educativas; auxiliarão na questão da saúde, com trabalho de combate ao uso de drogas, entre outras. “São vários setores que podemos trabalhar. Mauá é a 10ª cidade do Estado em índice populacional e a 11ª em renda per capita. Precisamos desse aporte do Pronasci”, salientou.

Quanto ao Gabinete, o secretário destacou que será a oportunidade que as autoridades policiais terão para trocar informações sobre os locais de atuação. “Vamos cruzar informações e agir com mais rigor nos bairros que apresentarem problemas. Temos de unir forças para diminuir a criminalidade na cidade”, ressaltou.

Fecha Bar - Tomaz afirmou que alguns objetivos foram alcançados por meio da lei municipal Fecha Bar, que obriga bares e estabelecimentos comerciais que vendem bebida alcoólica a fecharem às 23h. “Porém, notamos que os consumidores seguiam para postos de combustíveis que comercializam bebidas alcoólicas”, apontou.

Nesta semana, a Câmara aprovou novo texto que proíbe os postos de combustíveis da cidade a venderem este tipo de bebida. “Com a publicação da lei, vamos iniciar a fiscalização. Também pretendemos fazer trabalho com os proprietários desses estabelecimentos, para que possam ser orientados.”

A GCM (Guarda Civil Municipal) conta com 240 homens, e o prefeito Oswaldo Dias estuda a possibilidade da realização de concurso público para a contratação de novos guardas.

Por Vladimir Ribeiro - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6410 dias no ar.