NOTÍCIA ANTERIOR
Prefeito e secretário de Mauá são detidos em operação da PF
PRÓXIMA NOTÍCIA
Projeto Samba na Paineira reuniu cerca de mil pessoas em Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 10/05/2018 | Cidade
Mauá promete entregar coletes para a GCM até o fim do mês
Mauá promete entregar coletes para a GCM até o fim do mês Funcionários da guarda municipal atuam com itens à prova de balas vencidos desde 2016. Foto: Nario Barbosa/DGABC
Funcionários da guarda municipal atuam com itens à prova de balas vencidos desde 2016. Foto: Nario Barbosa/DGABC
Os 200 agentes da GCM (Guarda Civil Municipal) de Mauá que atuam com coletes à prova de balas vencidos desde 2016 devem receber novos equipamentos de proteção obrigatória até o fim do mês. Conforme a Prefeitura, os itens estão sendo produzidos.

A insatisfação dos profissionais com a situação da GCM foi mostrada em reportagens do Diário em março de 2016 e 2017. Na época, trabalhadores foram, inclusive, flagrados sem o chamado EPI (Equipamento de Proteção Individual).

O processo licitatório para a compra de 241 coletes foi aberto em setembro do ano passado. No mês de dezembro, houve a homologação do certame a favor da empresa Inbraterrestre Indústria e Comércio de Materiais de Segurança Ltda. Segundo a administração, “por tratar-se de produto controlado, que necessita de autorização do Exército para confecção, a entrega do equipamento sofre certa morosidade”. Para a aquisição, foram investidos R$ 206.778 e a validade dos produtos é de cinco anos.

“O que mais chama a atenção é que a atual Secretaria de Segurança Pública não impede que o GCM vá para a rua com o colete vencido ou sem ele”, criticou um agente, que preferiu não se identificar.

Com a ausência do colete, outro GCM, que também preferiu o anonimato, optou por trabalhar em posto fixo a circular pelas ruas, a fim de evitar exposição maior ao risco. “A gente tem família para sustentar. Sem colete já estamos expostos ao perigo, imagina sem”, disse ele, também preocupado com o armamento que é disponibilizado ao efetivo. “Nossas armas são obsoletas, usamos calibre 38, quando deveríamos usar, no minimo, calibre 380. Os bandidos têm armas potentes e a gente usando essas porcarias”, falou.

CONTRATAÇÃO

Nesta semana, a Prefeitura de Mauá anunciou a contratação, por meio de concurso público, de 40 novos guardas, que iniciaram ontem o curso de formação no Centro Regional de Formação em Segurança Urbana, do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. Com a incorporação, o efetivo terá 240 profissionais.

O treinamento ocorrerá durante quatro meses e, após isso, os guardas ficarão mais quatro meses em estágio supervisionado. A grade curricular é composta por 38 disciplinas, incluindo Administração Pública, Sistema Brasileiro de Segurança Pública, Direito Penal, Direitos Humanos, Segurança Escolar, Mediação de Conflitos, Libras e Armamento.

Por Vanessa de Oliveira - Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6240 dias no ar.