NOTÍCIA ANTERIOR
Bancada minimiza crítica de Paulo Eugenio
PRÓXIMA NOTÍCIA
Greve do INSS atinge 50 dias e salário de servidor é cortado
DATA DA PUBLICAÇÃO 26/08/2015 | Cidade
Mauá prevê a entrega de 190 moradias até dezembro
Mauá prevê a entrega de 190 moradias até dezembro Foto: Marina Brandão/DGABC
Foto: Marina Brandão/DGABC
A Prefeitura de Mauá entregou ontem 116 unidades habitacionais no Jardim Paranavaí para famílias que viviam em áreas de risco no Jardim Cerqueira Leite e estavam em auxílio-aluguel. A ação corresponde à primeira etapa de duas previstas para o local. Até o fim do ano, está programada a entrega de outras 190 moradias no conjunto.

A administração precisa construir pelo menos 15 mil unidades, número correspondente ao deficit habitacional espalhado por 229 lotes irregulares. A meta do prefeito Donisete Braga (PT) é erguer 3.000 apartamentos até o fim do próximo ano. Até o momento, 236 foram entregues e outras 1.830 moradias estão sendo construídas, sendo 800 no Jardim Oratório e 840 no Jardim Feital. A cidade tem hoje 1.500 em auxílio-aluguel, o que representa gasto anual de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos.

A cerimônia ocorreu simultaneamente em quatro cidades do Estado – Mauá, Araraquara, Araras e Catanduva – e contou com a participação do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e da presidente Dilma Rousseff (PT) por meio de link ao vivo via satélite. Em todo o Estado, foram entregues 2.555 casas por meio dos programas Casa Paulista e Minha Casa, Minha Vida.

Para o prefeito, a entrega das moradias representa a recuperação da dignidade das famílias. “Imagine uma família que vivia em área de risco e que pagava aluguel. Agora elas terão infraestrutura e segurança. Estes apartamentos são muito mais do que cimentos e tijolos. É onde eles irão criar seus filhos.”

Alckmin felicitou as famílias contempladas e salientou que a meta habitacional traçada pelo Estado em 2011 está perto de ser superada. “Dentro de cada casa existe um tesouro. É uma alegria participar desta entrega. Firmamos o compromisso de construir 100 mil moradias e o novo objetivo é de 105 mil, das quais 16 mil foram concluídas.”

Dilma ressaltou a importância da parceria entre as esferas estadual e federal e lembrou que no dia 10 de setembro terá início a terceira fase do programa Minha Casa, Minha Vida, que prevê a construção de 3 milhões de unidades no País. “Quando nos unimos, fazemos mais e melhor”. Ela também fez um pedido para as pessoas que receberam as chaves de suas novas casas. “Cuidem dos seus lares, é um patrimônio de vocês e dos seus filhos.”

A presidente da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, destacou a importância dos programas habitacionais. “Vale a pena investir porque garantimos moradias para quem mais precisa e não tem dinheiro para fazer financiamento.”

Mudanças ocorrem em até dois meses

As 116 famílias beneficiadas com apartamento no Jardim Paranavaí se mudarão ao longo dos próximos dois meses para o local. A Prefeitura ficou responsável por ajudar os moradores com o transporte dos móveis.

A primeira pessoa a receber as chaves do novo apartamento foi Kelly da Silva Rocha, 31 anos. Desempregada, ela vivia em um barraco com seu marido e quatro filhos no Jardim Cerqueira Leite. Entre as dificuldades lembradas pela munícipe, está a parede de um dos cômodos, que era sustentada por um armário. Segundo ela, sempre que chovia, a família era obrigada a buscar abrigo no carro por conta do risco de desabamento do imóvel.

Outro contemplado pelo programa foi o soldador Ivan Gomes dos Santos, 37. Ele relatou o drama vivido por ele e sua família durante anos. “Morávamos em uma área de risco, sem saneamento básico e perto de um barranco. O medo era constante. Agora sei que viverei com tranquilidade, segurança e sem medo da chuva.”

O construtor civil José Gilvan dos Santos, 41, vislumbra futuro melhor para seus familiares. “Vivi dois anos em um barraco de madeira. Com certeza, serei muito feliz aqui.”

Os beneficiados, que não podem ter participado anteriormente de nenhum programa habitacional, terão 120 meses para a quitação do imóvel. A menor prestação é de R$ 25 por mês e a maior de R$ 80 por mês.

Por Nelson Donato - Especial para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6236 dias no ar.