NOTÍCIA ANTERIOR
Diadema e Mauá aparecem entre cidades mais violentas do Estado
PRÓXIMA NOTÍCIA
Eletropaulo fará blitz de segurança em Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 02/05/2018 | Cidade
Mauá é contemplada pela União com o programa Cartão Reforma
Mauá é contemplada pela União com o programa Cartão Reforma Cerca de 500 famílias receberão verba para readequar moradias
Cerca de 500 famílias receberão verba para readequar moradias
Aproximadamente 500 famílias do Jardim Oratório, em Mauá, devem ser contempladas com recursos financeiros para readequações em suas moradias. A medida foi anunciada neste mês pelo governo federal, que selecionou o município para participar do programa Cartão Reforma. Ao todo, R$ 2,8 milhões serão encaminhados ao município para execução do programa. Segundo o Ministério das Cidades, a liberação do recursos, contudo, ainda dependerá de disponibilidade orçamentária.

O programa tem como objetivo qualificar as casas do município que precisam de readequações, como a construção de um banheiro ou um cômodo maior para acomodar as famílias. “Neste primeiro momento, fomos contempladas com a proposta que encaminhamos. Agora, dependemos da liberação de verba da União, que ainda não tem prazo para ocorrer, para, de fato, beneficiar essas famílias”, explica a secretária adjunta de Habitação de Mauá, Márcia Evangelista Costa.

De acordo com o governo federal, as famílias beneficiadas pelo programa poderão solicitar valores que variam de R$ 2.000 a R$ 9.000 a depender do serviço a ser executado, tais como a construção de cômodos, reforma de telhado, instalação de esgoto, pintura, reboco, adaptação para acessibilidade e coisas do gênero. Em contrapartida, os contemplados só poderão comprar materiais de lojas credenciadas.

Os beneficiários têm até 12 meses para realizar as intervenções. Os interessados em participar do programa terão de passar por processo de seleção que será feito pelo município. Segundo a secretária, o procedimento será executado assim que houver a liberação de recursos por parte da União.

O programa, no entanto, já estabelece alguns pré-requisitos de seleção. O principal deles é a renda bruta familiar, que não pode ser superior a R$ 2.811. Além disso, é permitido possuir apenas um imóvel residencial no País, sendo necessário morar nele para receber o recurso.

Todo montante a ser liberado pelo governo federal, por meio do Ministério das Cidades, será proveniente do Orçamento Geral da União. Os beneficiários não têm que pagar absolutamente nada depois. No ano passado, Santo André foi o primeiro município da região contemplado com o Cartão Reforma. Os recursos da cidade, no entanto, ainda não foram liberados.

AJUDA
Para a dona de casa Marina da Silva, 64 anos, a possibilidade de uma ajuda do governo federal para conclusão de reformas será mais do que bem-vinda. Moradora do Jardim Oratório há três décadas, ela afirma ainda lutar para concluir o acabamento de sua moradia. “Estou pagando o portão, que compramos neste ano. Foram R$ 3.000 só nele. Nunca imaginei que construir uma casa era tão difícil”, afirma. “Qualquer ajuda que tivermos será muito comemorada por nós”, acrescenta.

Por Daniel Macário - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6240 dias no ar.