NOTÍCIA ANTERIOR
Leonel Damo afirma que levará cadeira do gabinete
PRÓXIMA NOTÍCIA
MTST invade terreno no Jardim Nova Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 10/11/2008 | Cidade
Mauá celebra Consciência Negra
De dedo em riste e idéias liberais em mente, Irineu Evangelista de Sousa não costumava ser levado a sério quando falava no plenário da província do Rio Grande do Sul. Mais conhecido pelo título de Barão de Mauá, o deputado defendia o abolicionismo em alto e bom som, mesmo quando a elite política do século XIX refutava a idéia de uma igualdade de raças. Mais de 150 anos depois de seus discursos, a cidade que leva o seu nome herda o seu pioneirismo, posicionando-se à frente dos outros municípios brasileiros no tocante racial. Em decorrência do Dia da Consciência Negra, na próxima quinta-feira (20), a Prefeitura de Mauá promove uma série de celebrações à cultura afro-brasileira, com várias atividades espalhadas pela cidade.

"Há uma mostra de cinema africano, exposições de arte, shows de soul e missas afro-brasileiras", enumerou a coordenadora de políticas de igualdade racial e ética da Prefeitura de Mauá, Noeme Ferreira dos Santos. "É uma oportunidade da população da cidade ter conhecimento de uma cultura que foi marginalizada por tanto tempo".

Além de promover os costumes e crenças afrodescendentes, o evento visa também contemplar aos anseios artísticos de 38% da população mauaense, cuja origem é negra. "Procuramos resgatar as danças folclóricas do candomblé e a história de alguns de nossos heróis, como Zumbi dos Palmares e Carlos Gomes", lembrou.

Entre as atrações dos 30 dias de programação, são destaques a missa afro-brasileira, cuja peculiaridade é trazer à Matriz da Imaculada Conceição instrumentos de percussão que simbolizam a cultura negra (como o berimbau e o atabaque), e a apresentação do corpo de dança Kizomba Popular, que subirá ao palco do Teatro Municipal de Mauá com coreografias que farão homenagem a personalidades mundiais que lutaram pela igualdade racial.

"Em tempos de Obama, é mais do que propício falarmos daqueles que procuraram diminuir o abismo entre raças, colocando os valores humanos acima de credos ou opiniões", pontuou a idealizadora do projeto Kizomba Popular, Aurenice Conceição Faiola. "Esse evento é uma oportunidade para desmistificar a cultura negra, revelando que nem sempre ela está ligada a práticas religiosas como o candomblé ou a umbanda", explicou.

Missa afro-brasileira - Organizada pelo padre Edmar Antônio de Jesus, da Igreja São Judas, a missa tem o objetivo de mostrar que a cultura negra não se limita ao espaço do terreiro. "Pode-se muito bem conciliar o culto cristão com a cultura negra, assim como com a branca ou asiática", explicou Jesus. "É uma forma de se acabar com o preconceito que, velado, existe até mesmo dentro da Igreja", revelou.

Prova disso é que em uma população de maioria mulata e negra, o país tem somente 2,5% de bispos de ascendência negra, ou seja, 11 em 434, número inferior ao de clérigos estrangeiros. "Por isso, deve-se estimular a cultura negra dentro das igrejas, com direito a atabaque e tambores durante a liturgia", comentou Mônica Marques.

Além de instrumentos musicais afros, a missa será regida por canções e coreografias da tradição negra, acompanhada por pais de santo e representantes dos mais diversos cultos religiosos. "Só no ano passado, mais de mil pessoas acompanharam a cerimônia, um evento de repercussões ecumênicas", contou Jesus. "Entre os homenageados deste ano, estão Nossa Senhora Aparecida e o futuro presidente Obama."

Kizomba Popular - Criado pela Secretaria de Cultura de Mauá, em parceria com ONGs da região, o projeto Kizomba visa à promoção da cultura negra entre alunos da rede pública de ensino, por meio de oficinas de canto, dança e percussão. Entre os jovens que demonstraram maior comprometimento em relação às atividades propostas, nasceu a montagem "120 Anos de Abolição. Cadê Minha Libertação?", que será apresentado no dia 27 de novembro, no Teatro Municipal de Mauá. "Os jovens atuarão o período posterior à morte de Zumbi, quando as igualdades tão defendidas pelo mártir não foram alcançadas", contou Aurenice Faiola.

Pela primeira vez em um palco de verdade, as expectativas dos jovens estão de vento em popa. "Os integrantes do grupo já estão tão animados pela apresentação que já vestiram as fantasias e não tiram mais os dreads do cabelo", contou Aurenice. "Minha casa já virou extensão do palco."

Obama - Há um consenso entre os participantes do evento sobre a importância da eleição de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos. Todos consideraram importante ao reconhecimento da raça negra a posse de um afrodescendente ao cargo mais importante do mundo, mas acreditam que, por não ter tido em sua trajetória muito contato com a cultura de raízes africanas, seus costumes e tradições permanecerão marginalizados. "A cultura negra continuará à deriva, ainda associada ao atraso e ao preconceito racial", sentenciou Noeme Ferreira dos Santos. "É por isso que eventos como o Mês da Consciência Negra deveriam ser promovidos também em outros municípios brasileiros", concluiu.

Confira a seguir a programação do evento:

↔ Mostra Cinema negro - Kiriku e a Feiticeira
Data:
11/11/08 (terça-feira) - 14h
Local: E.E. João Paulo II
End: Rua Particular, 57, Jd. Nóbrega
Tel: 4514-7259 e 4544-4147

↔ Jogo de Voley "Diga não ao Preconceito"
Data:
14/11/08 (sexta-feira)
Local: Ginásio Poliesportivo Celso Daniel
End: Av. João Ramalho, 205, Centro.
Tel: 4513-6350

↔ Missa Afro brasileira
Matriz Imaculada Conceição
Data:
16/11/08 (domingo) - 19h
End: Praça Monsenhor Alexandre Venâncio Arminas, 1, Bairro Matriz.
Tel: 4555-2180

↔ Exposição "Personalidades Negras";
Data:
01/11/08 a 30/11/08
Local: Teatro Municipal de Mauá
End: Rua Gabriel Marques, 353, Vila Noêmia.
Tel: 4555-0086

↔ Show com Izzi e Tony Gordon;
Data:
18/11/08 (terça-feira) - 20h
Local: Teatro Municipal de Mauá

↔ Manifestações Culturais (Roda de Capoeira, Samba de roda, Maculelê, Contos, Poesias, etc.)
Data:
20/11/08 (quinta-feira) - 13h
Local: Praça 22 de Novembro

↔ Missa Afro brasileira
Paróquia São João
Data:
20/11/08 - 19h

↔ Espetáculo Musical Kizomba Popular
Data:
27/11/07 (quinta-feira)
Horário: 14h30 - 16h - 20h - 21h30
Local: Teatro Municipal de Mauá

Por Gustavo Uribe - Especial para o Diário Online / Foto: www.islashi.com
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2022 - Desde 2003 à 7102 dias no ar.