NOTÍCIA ANTERIOR
Disputa jurídica trava renovação de conselheiros em Mauá
PRÓXIMA NOTÍCIA
Recapeamento nas avenidas Capitão João e João Ramalho entra em fase final
DATA DA PUBLICAÇÃO 28/01/2012 | Cidade
Mauá aponta deficiência do Dersa
Mauá aponta deficiência do Dersa  Sistema não comporta o volume de água das chuvas. Foto: Amanda Perobelli
Sistema não comporta o volume de água das chuvas. Foto: Amanda Perobelli
Obras de compensação do Rodoanel apresentam problemas

A Prefeitura de Mauá encaminhou ofício ao Dersa (Desenvolvimento Rodoviário) que aponta problemas nas obras de compensação do trecho Sul do Rodoanel Mário Covas, além de alagamentos em trecho da Jacu-Pêssego provocados por deficiência no sistema de drenagem.

O secretário de Mobilidade Urbana, Renato Moreira dos Santos, afirmou que os problemas se agravaram após o período de fortes chuvas nas últimas semanas. Um trecho da pista Sul (sentido Dutra) da Jacu-Pêssego, que corta o bairro Santa Cecília e serve de acesso ao Rodoanel, passou a apresentar deficiência no sistema de drenagem. Os alagamentos provocaram bloqueios na via, e, de acordo com o secretário, um acidente com vítima fatal foi registrado nas vésperas do Natal. “Se percorrermos os pontos de drenagem, ou seja, as tubulações de PVC e as grelhas, veremos que elas não estão comportando o volume de águas. Isso está implicando em riscos de acidentes no viário como já ocorreu no dia 23 de dezembro, fato que gerou um óbito. Não podemos atribuir esse acidente a essas deficiências, mas o fato é que ocorreram lâminas de água na pista”, alerta.

O secretário afirmou que inclinações no lado direito da via formam uma espécie de bacia, onde há cinco ralos de vazão para escoar a água. Esse sistema não estaria evitando a formação de lâminas d´água e o bloqueio da pista. Além disso, toda água captada por esse primeiro sistema de tubulação é despejada em baixo do viaduto, em um espaço público degradado onde há casas e comércios. No local, é possível se ver poças e muito entulho. “Não tem a segunda captação da água, que escoa de qualquer jeito. Existem manuais diversos para que se conceba um projeto ideal. Neste caso, creio que a Dersa deverá alterar o sistema para se evitar novas ocorrências”, diz Santos.

A segunda fase do Complexo Jacu-Pêssego foi entregue há pouco mais de dois meses pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB). Por meio de sua assessoria, a Dersa rechaçou os apontamentos. “Não há qualquer vistoria, análise técnica e laudo que corroborem com afirmação de que há problemas de drenagem decorrente da implantação do Rodoanel Sul”.

Sobre a ausência de complementação da tubulação debaixo do viaduto da via, o Dersa afirmou que, “há conexão debaixo do viaduto para escoamento das águas despejadas”.

Por Rodrigo Bruder - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6195 dias no ar.