NOTÍCIA ANTERIOR
Passagem de ônibus nas cidades do ABCD é reduzida para R$ 3
PRÓXIMA NOTÍCIA
São Bernardo e Diadema têm saques e depredações
DATA DA PUBLICAÇÃO 21/06/2013 | Setecidades
Manifestantes bloqueiam Anchieta pela quarta vez em dois dias
Manifestantes bloqueiam Anchieta pela quarta vez em dois dias Manifestantes bloquearam a Anchieta por aproximadamente duas horas. Foto: Rodrigo Pinto
Manifestantes bloquearam a Anchieta por aproximadamente duas horas. Foto: Rodrigo Pinto
Manifestantes bloqueiam a Anchieta pela quarta vez
Cerca de 500 pessoas percorrem do km 17 até o km 22 no sentido Litoral e voltam pela Faria Lima até o Paço


Aproximadamente 500 manifestantes participaram, na noite desta quinta-feira (20/06), de protesto em São Bernardo. Às 18h20, bloquearam a pista sentido Litoral da via Anchieta. A pista sentido Capital também ficou com o trânsito bastante prejudicado, porque os manifestantes tomaram parte dela. O reflexo no trânsito foi sentido por mais de duas horas. Em dois dias, foi a quarta interrupção do tráfego na rodovia.

Por volta das 21h30 o trânsito permanecia parado nas imediações do Paço por conta do ato. Por conta da interdição, os trólebus que saem do Terminal Ferrazópolis deixaram de circular, o que deixou os pontos lotados. O clima ficou tenso e um grupo pequeno que estava próximo aos manifestantes quebrou lixeiras na região da rua Marechal Deodoro, Centro.

O grupo se reuniu no Paço de São Bernardo, por volta de 17h, subiu pela avenida Lucas Nogueira Garcez, até chegar à Anchieta. Carregando cartazes, apitos e faixas, os manifestantes gritaram palavras de ordem pedindo não violência. O protesto foi organizado pelo grupo Anonymous ABC, pelas redes sociais.

A manifestação foi chamada em defesa da redução da passagem dos ônibus municipais. Avisados sobre a redução das tarifas para R$ 3 nesta quinta-feira, enquanto se dirigiam à Anchieta, os manifestantes decidiram continuar mesmo assim.

Mudança de rota - De acordo com o grupo Anonymous, o grupo seguiria até o km 23, onde fica a garagem da Auto Viação ABC, mas desistiu porque havia informações de que no local poderia ocorrer depredação. Na altura do Km 22, por volta de 20h, optaram por retornar rumo ao Paço de São Bernardo, pela avenida Faria Lima.

Henrique Araújo, 17 anos, que participou da passeata, mora em Diadema, estuda em Santo André e trabalha em São Paulo. Para se deslocar, pega seis ônibus por dia. "Três reais ainda é caro para quem ganha salário mínimo", disse, sobre a redução da tarifa.

Vanessa Souza, 18, outra participante, mora em São Bernardo e estuda em São Paulo. A manifestante ressaltou o momento político: "Finalmente o povo brasileiro acordou".

Para fazer a segurança da manifestação, a Prefeitura de São Bernardo destacou 400 GCMs (Guardas Civis Municipal) no Paço. Também havia policiais no local. "Os guardas municipais fazem a segurança no Paço Municipal, mas é a Polícia Militar que acompanha a passeata", afirmou o secretário de Segurança Urbana de São Bernardo, Benedito Mariano.

Novas manifestações - William, um dos organizadores do ato (não forneceu o sobrenome), afirmou que a manifestação prevista para esta sexta-feira (21/06) em São Bernardo continua marcada, e que vai comemorar a redução da tarifa anunciada nesta quinta-feira.

Para esta sexta, estão previstas manifestações em Santo André, São Bernardo, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires, todas marcadas para as 17h.

Por Rosangela Dias - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6195 dias no ar.