NOTÍCIA ANTERIOR
Idosa morre após ser atropelada em Mauá
PRÓXIMA NOTÍCIA
Chefe de Gabinete da Prefeitura recebe jovens que lideraram protesto em Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 14/01/2013 | Cidade
Manifestação contra o aumento de passagens em Mauá
O aumento de tarifa dos ônibus da cidade de São Paulo não foi bem aceito pela população, que alega pagar muito por um serviço com pouca eficiencia e qualidade e vem sendo motivo de manifestação em cidades onde o aumento passa da estimativa e das condições da população local, dentre essas Mauá, Osasco e Campinas estão entre as cidades que tiveram o aumento muito acima da média (aproximadamente 13 %) em relação as outras.

Em Mauá foram feitas duas manifestações, uma no dia 5 de janeiro totalmente pacífica e outra neste sabado dia 12, e infelizmente com algumas cenas de violência.

A manifestação do dia 12 aconteceu em frente ao terminal Rodoviário de Mauá impedindo a entrada e a saída de ônibus e pessoas por uma de suas vias de acesso. Com o auxílio de um caminhão de som, uma das principais vias da cidade foi interditada e os manifestantes protestaram o aumento da tarifa utilizando faixas, apitos, grupos com instrumentos musicais e o auxílio de microfones para expressar suas opiniões e comentar sobre os descasos ocorridos na área do transporte público. A falta de estrutura do terminal, o desânimo dos funcionários e prestadores de serviço para com a população, a demora e a escassez dos ônibus foram os temas mais citados pelos presentes que lutavam pelas melhorias. Os manifestantes, em sua maioria, jovens e estudantes, todos indignados com a situação tiveram como alvo o aumento da tarifa e a forma de governo sem criticar etnias e expor opiniões particulares.

A princípio, a intenção era de que a manifestação fosse pacífica, porém, não foi o que aconteceu. A Guarda Municipal, que estava em frente ao terminal para impedir que os manifestantes entrassem aparentemente perdeu a paciência com o barulho do protesto e acabou partindo pra cima da população, que se dispersou. Quando isso aconteceu a PM entrou no jogo e virou aquela bagunça, foi manifestante apanhando, policial entrando dentro de lojas para procurá-los e entre todo o acontecido, três manifestantes acabaram sendo presos, o que gerou a maior indignação em geral. E então, automaticamente houve uma inversão no tema do protesto, que passou a ser liberdade de expressão.A população parece perscistente e confiante e aguarda a resposta do atual prefeito Donizete Braga que ainda não se manifestou.

Por Mayara Carvalho
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6195 dias no ar.