NOTÍCIA ANTERIOR
Região carece de 230 mil moradias
PRÓXIMA NOTÍCIA
Moradores usam grupos no Facebook para reivindicar melhorias no ABCD
DATA DA PUBLICAÇÃO 02/08/2016 | Setecidades
Mais de 400 alunos ficam sem ônibus escolar em Santo André
Mais de 400 alunos ficam sem ônibus escolar em Santo André Carro atropela pé de manifestante em protesto pela volta do ônibus escolar. Foto: Andréia Iseki
Carro atropela pé de manifestante em protesto pela volta do ônibus escolar. Foto: Andréia Iseki
E.E. Francisca Helena Furia 2 suspende quase metade das vagas de transporte e gera protesto

O fim de tarde na Escola Estadual Francisca Helena Furia 2 foi bem turbulento durante o protesto de dezenas de pais que reivindicavam o retorno do serviço de ônibus escolar que deixou de atender 431 alunos, conforme manifestantes. Dentro da escola, num quadro, a reportagem contou 415 nomes dos períodos diurno, vespertino e norturno escalados para ficarem de fora do transporte.

Na saída do primeiro dia de aula do segundo semestre, pais com faixas e cartazes gritavam palavras de ordem e obstruíram a avenida Mico Leão Dourado em frente à escola. Pouco antes da vinda de viaturas, uma mulher teve o pé atropelado no local por um automóvel.

Com a volta às aulas no primeiro de agosto, quase metade dos mais de 900 alunos da instituição de ensino deixou de usufruir do benefício no bairro Recreio da Borda do Campo, considerada área rural de Santo André.

A distância da residência dos moradores, as áreas de mananciais que impedem presença de asfalto e a segurança seriam os motivos que justificam a existência do transporte terceirizado pelo estado em nome da empresa Planalto.

Ao todo, a empresa de Jorge de Melo realiza 51 linhas de trajeto escolar, sendo que 16 veículos circulam na unidade escolar em questão. Das oito escolas das imediações que a Planalto atende, Furia 2 é a única que sofreu com o corte. Procurado pela reportagem, Jorge preferiu não conceder entrevista.

De acordo com a secretaria da escola, o motivo para barrar o serviço que durou 13 anos é a implementação do projeto Passe Livre, que garante condução gratuita de ida e volta para os alunos em conivência com uma resolução de 2011 que resultou nas leis estaduais 15.692 e 9.723, ambas de 2015. A diretora da unidade de ensino se recusou a dar declarações ao ABCD MAIOR.

PASSE LIVRE

"Seria ótimo se o site de inscrição do Passe Livre funcionasse e melhor ainda se houvesse aumento da frota e remanejamento de circulação", alegou o eletricista Cláudio de Andrade, morador da região com um filho matriculado na entidade, ao explicar porque muitos dos pais reprovam o projeto.

Como os ônibus tradicionais não buscam os alunos e os devolvem na porta de casa, isso provocaria atrasos e problemas com assaltos. Antes da manifestação, um grupo de pais se reuniu com SA Trans, empresa de transporte público do município, com a Delegacia de Ensino Regional e com a direção da escola em três ocasiões diferentes. A última foi no dia 18 de julho.

"Em todas as reuniões, nos disseram categoricamente que não havia contorno. A única saída seria o Passe Livre ou pagar pelo serviço fretado", contou Cláudio de Andrade, um dos representantes do grupo de pais.

Conforme vários pais consultados durante a reportagem, o critério de exclusão do serviço seria a idade superior a 12 anos. No entanto, afirmam que diversas crianças abaixo da idade estão sem condução. A confeiteira Rosana Ramalho tem dois filhos e uma sobrinha matriculados nessa escola. "Há três meses deram uma coronhada nela e a roubaram o celular."

No fim do protesto, a diretora recebeu uma comissão constituída de cinco pais para estabelecer algo que, por ser até então inexistente, era uma reclamação geral dos manifestantes: diálogo.

Por Caio Luiz - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6197 dias no ar.