NOTÍCIA ANTERIOR
Inscrições para o ProUni começam no sábado, anuncia MEC
PRÓXIMA NOTÍCIA
Site de inscrição para o ProUni exclui quatro estados
DATA DA PUBLICAÇÃO 06/02/2010 | Educação
Inscrições para o ProUni começam hoje; MEC oferece 165 mil bolsas
As inscrições para o ProUni (Programa Universidade para Todos) começam neste sábado e vão até quarta-feira (10). O MEC (Ministério da Educação) vai oferecer 165 mil bolsas para 1,5 mil instituições de ensino superior em todo o país, das quais 86 mil bolsas são integrais e 79 mil parciais.

Os resultados da seleção serão divulgados pelo MEC no dia 13 de fevereiro. As matrículas serão efetivadas entre os dias 17 e 26 de fevereiro. A segunda fase de inscrições no programa será realizada entre os dias 4 e 7 de março, com resultados divulgados no dia 10 de março. As inscrições devem ser realizadas pela internet, no site do ProUni (www.mec.gov.br).

Na segunda etapa, podem ser inscrever os candidatos que não forem selecionados na primeira fase, para que tenham uma nova chance de concorrer á bolsa.

Segundo a secretária de Educação Superior do MEC, Maria Paula Dallari Bucci, podem concorrer às bolsas candidatos que tenham realizado o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2009 e alcançaram no mínimo 400 pontos na média das cinco notas do exame. A secretária disse que a nota é suficiente para garantir a qualidade dos alunos que vão ingressar no ProUni.

"Historicamente, no ProUni, o preenchimento se dá por candidatos que superam e muito a nota única. Essa referência é um indicador suficiente de proficiência no conjunto das provas", afirmou.

As bolsas integrais do ProUni são concedidas para alunos que tenham renda de um salário mínimo e meio por pessoa do grupo familiar. Para a meia bolsa, a faixa é de até três salários mínimos, por pessoa, do núcleo familiar.

Para participar, o aluno precisa ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condição de bolsista integral. Professores da rede pública do ensino básico que concorrem a bolsas de licenciatura, normal superior ou pedagogia, não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam no exercício da profissão e integram o quadro permanente da escola.

Por Folha Online, em Brasília
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Educação
21/09/2018 | Ensino superior cresce no País, mas graças à modalidade a distância
19/09/2018 | Em crise financeira, UFABC tenta definir objetivos para 2019
18/09/2018 | Cidade francesa muda pátio de pré-escola para favorecer a igualdade de gênero
As mais lidas de Educação
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2022 - Desde 2003 à 7095 dias no ar.