NOTÍCIA ANTERIOR
Mauá tem reintegração de posse tensa
PRÓXIMA NOTÍCIA
Segunda reunião do OP reúne 200 pessoas na região do Zaíra
DATA DA PUBLICAÇÃO 8/5/2014 | Cidade
Hospital Nardini promove curso de libras para funcionários
Hospital Nardini promove curso de libras para funcionários Aulas começaram nesta quarta-feira, 07/05. Crédito: FUABC
Aulas começaram nesta quarta-feira, 07/05. Crédito: FUABC
Serão capacitados 40 colaboradores; primeira turma iniciou aulas ontem (07/05)

O Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini dá sequência às ações de humanização priorizadas pela nova gestão da Saúde de Mauá com mais uma iniciativa inédita. Depois de implantar o programa de Visita Ampliada, reestruturar o serviço de Ouvidoria e investir em ações de Educação Permanente, o hospital começou a promover ontem (07/05), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, curso de libras direcionado a recepcionistas, auxiliares administrativos, terapeutas ocupacionais, psicólogos e assistentes sociais. A língua brasileira de sinais (LIBRAS) é a língua usada pela maioria dos deficientes auditivos dos centros urbanos brasileiros e reconhecida por Lei. O objetivo é capacitar os colaboradores que atendem diariamente a população e promover acolhimento adequado a pacientes, visitantes e acompanhantes portadores de deficiências auditivas.

O curso tem carga horária de 60 horas e será dividido em duas turmas com 30 alunos cada. Ao todo 40 funcionários do hospital serão capacitados. As vagas restantes foram preenchidas por outros colaboradores da Secretaria Municipal de Saúde. A aula inaugural do curso foi realizada hoje pela manhã e contou com abertura do superintendente do hospital, Dr. Morris Pimenta e Souza. Todas as aulas serão ministradas semanalmente no auditório do Nardini e a previsão é de que o primeiro módulo seja finalizado em agosto. A segunda etapa do curso será elaborada de acordo com o desempenho dos alunos nesta primeira fase.

A reivindicação para implantação do curso surgiu durante reunião de planejamento de rotina realizada com todos os recepcionistas da unidade. A equipe observou a necessidade de aprender a linguagem para abrir canal de comunicação com pessoas que possuem problemas de surdez. A inscrição dos funcionários do hospital foi viabilizada pelo Serviço de Acolhimento, Orientações e Relacionamento com o Usuário, coordenado por Eliene de Paula Pinto. “Com foco na humanização, estamos preparando nossa equipe para promover assistência hospitalar mais inclusiva às pessoas portadoras de deficiência auditiva, primando pela garantia de direito e de acesso a todos”.

As aulas, feitas em modo expositivo e com abordagem de práticas de conversação, são ministradas por três professores que atuam na Secretaria Municipal de Educação: Ingrid Karin da Silva, Paula Sierra e Denis Pereira dos Santos.

Por Eduardo Nascimento - FUABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
23/1/2018 | CPTR de Mauá tem 39 vagas de emprego na semana
23/1/2018 | Horta comunitária auxilia no combate à fome
23/1/2018 | Tucanos devem bater asas do Paço de Mauá
As mais lidas de Cidade
17/1/2018 | Mauá premiará quem pedir CPF na nota
19/1/2018 | Câmara de Mauá busca acelerar edital do novo plano de saúde
23/1/2018 | Tucanos devem bater asas do Paço de Mauá
As mais lidas no Geral
17/1/2018 | Mauá premiará quem pedir CPF na nota
18/1/2018 | Calendário PIS-Pasep 2017-2018: começa pagamento para nascidos em janeiro e fevereiro
17/1/2018 | Grande ABC registra primeira morte suspeita por febre amarela
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2018 - Desde 2003 à 5434 dias no ar.