NOTÍCIA ANTERIOR
Leite achocolatado pode reduzir inflamações, indica estudo
PRÓXIMA NOTÍCIA
Estudos mostram que porcos possuem alta cognição e aprendem rápido
DATA DA PUBLICAÇÃO 13/11/2009 | Saúde e Ciência
Holandês doador de esperma tem 59 filhos
Ele tem 40 anos e 59 filhos, e seis mulheres estão grávidas dele neste momento. O holandês Ed Houben é hoje um dos doadores de esperma mais procurados (e bem-sucedidos) da Europa. À Folha, ele disse não se interessar por esses números. "Não faço isso para quebrar recordes. Faço de coração, em benefício de famílias que querem filhos para se sentirem completas", diz.

Houben iniciou seu segundo ofício há cinco anos, após a morte de seu irmão. "Ele não teve tempo de dar um filho à minha cunhada e sei o quanto isso significava para eles", diz. Na época, começou a fazer doações às clínicas de fertilização in vitro, mas logo alcançou sua cota máxima (na Holanda, é de 25 doações) e precisou parar.

Publicar anúncios pela internet foi a maneira que encontrou de continuar doando. Do seu site, além de fotos e perfil, constam testes que comprovam sua boa saúde, como os de HIV e gonorreia. Sua primeira doação via anúncio pela internet foi para um casal de lésbicas belgas. "Dava preferência para casais de mulheres homossexuais porque elas são discriminadas pelas clínicas de fertilização", conta.

Hoje, ele ajuda todo tipo de casal, além de mães solteiras. Sua única preocupação é que eles possam dar uma vida estruturada à criança.

Ele diz que não cobra pelo esperma. "É um ato de amor e, para me manter, tenho um emprego, como todo mundo", diz. Ele não revela a profissão a pedido da empresa onde trabalha.

Houben conta que costumava viajar para fazer as doações. Hoje, devido à grande procura, não sai mais de Maastricht, cidade a 220 km de Amsterdã. Ele pede que os interessados se hospedem perto de sua casa e vai até o hotel. Masturba-se e entrega o material num recipiente esterilizado.

Para manter o alto índice de fertilidade, ele diz que nunca usa jeans ou calça apertada, não toma banho quente ou faz sauna, nunca bebe e toma ácido fólico com regularidade.

No ano passado, deu uma festa em que reuniu 16 de seus filhos. "Alguns pais me apresentaram para as crianças como o pai verdadeiro, mas elas só olhavam para mim e continuavam a brincar", diz. Ele diz que gosta de saber como vão as crianças, mas não tem nenhum sentimento de paternidade.

Houben, que mora com a mãe, diz que pensa em ter filhos quando tiver uma mulher, mas por enquanto não tem namorada. "Sou muito tímido."

Por Marianne Piemonte - Colaboração para a Folha de São Paulo
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Saúde e Ciência
20/09/2018 | Campanha contra sarampo e poliomielite segue na região
19/09/2018 | É melhor dormir com ou sem meias?
19/09/2018 | Forma de andar mostra os vícios de postura
As mais lidas de Saúde e Ciência
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6198 dias no ar.