NOTÍCIA ANTERIOR
A corrida para a criação do computador mais poderoso da história
DATA DA PUBLICAÇÃO 19/09/2018 | Informática
Grupo Renault Nissan terá sistema operacional Android em seus carros
Fabricantes disseram que modelos poderão integrar aplicativos e serviços do Google.

A aliança de montadoras Renault, Nissan e Mitsubishi informou nesta terça-feira (18) que vai adotar o sistema operacional Google Android, da Alphabet, em uma vitória para a gigante norte-americana de tecnologia que busca uma participação maior no mercado de infoentretenimento.

Renault, Nissan e Mitsubishi, com vendas combinadas de 10,6 milhões de veículos no ano passado, disseram que os futuros modelos vão "integrar aplicativos e serviços Google", incluindo Maps e o Google Assistant comandando por voz.

A medida inclina-se mais fortemente para grandes empresas de tecnologia do que as montadoras rivais grandes ou de luxo até agora estavam dispostas a fazer. Muitos temem perder o controle de relacionamento com clientes, dados e, potencialmente, significativa receita futura de serviços conectados.

Outras fabricantes, como a Volvo decidiram embutir o Android Auto em seus veículos. No entanto, a escala da mudança pela Renault-Nissan-Mitsubishi pode levar a uma mudança mais ampla de pensamento sobre caras estratégicas tecnológicas independentes.

"Grandes montadores anteriormente eram relutantes a fazer negócios com o Google, mas isso agora mudou", disse Jauke de Jong, analista da AFS Group, em Amsterdã. "Mais montadoras podem seguir o caminho e fechar parceria com o Google."

Até agora, montadoras têm amplamente escolhido software Linux, Microsoft ou QNX para abastecer o infoentretenimento. Isso gera plataformas mais ousadas que eles podem controlar, mas que oferecem pouco espaço para adicionar novos aplicativos ou funcionalidades.

A decisão pode causar problemas para algumas fornecedoras de tecnologia para setor automotivo como a especialista em mapeamento TomTom, que conta com a Renault entre seus clientes. As ações da empresa holandesa caíam mais de 26% após o anúncio.

Em troca de entregar ao Google as chaves do infoentretenimento, a aliança vai levar a influência total dos milhares de aplicativos do Android para os modelos de suas marcas - o que inclui um contingente grande de modelos com preços acessíveis para mercados emergentes.

Por G1 - Reuters
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Informática
19/09/2018 | Grupo Renault Nissan terá sistema operacional Android em seus carros
18/09/2018 | A corrida para a criação do computador mais poderoso da história
11/06/2018 | Google tira ovos de emoji de salada para agradar veganos
As mais lidas de Informática
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6286 dias no ar.