NOTÍCIA ANTERIOR
Cabeça de rapaz é encontrada em frente a base da PM, em Mauá
PRÓXIMA NOTÍCIA
PV em Mauá pode trocar presidente
DATA DA PUBLICAÇÃO 14/04/2009 | Cidade
Grande ABC registra dez homicídios no feriado de Páscoa
O feriado de Páscoa no Grande ABC registrou dez casos de homicídio e uma tentativa de morte entre a noite de quinta-feira e domingo. A cidade que mais registrou casos foi Mauá, com seis mortes. Ribeirão Pires teve um caso de latrocínio (roubo seguido de morte) e Santo André uma tentativa de homicídio. Diadema registrou um latrocínio e dois homicídios. São Bernardo e São Caetano não tiveram ocorrências.

O primeiro caso de Mauá aconteceu na noite de quinta-feira, em uma loja de som, na região central. Três assaltantes invadiram o local. A polícia foi acionada e, na troca de tiros, dois dos assaltantes morreram.

Na sexta-feira, Mauá teve mais duas mortes. Três homens circulavam armados pelo Jardim Sampaio Vidal. A polícia foi chamada e quando a viatura se aproximou, os suspeitos trocaram tiros com os policiais. Dois homens morreram.

Na mesma noite, Josafá Souza Alexandrino, 41 anos, dono de um bar no bairro São João, foi morto na frente de seu estabelecimento por um homem desconhecido.

O caso que mais chamou a atenção foi o assassinato do vendedor Luiz Henrique Oliveira da Silva, 19 anos, na madrugada de anteontem. A cabeça da vítima foi deixada em frente a uma base da Polícia Militar e o corpo no Jardim Zaíra 6.

A cidade que mais registrou ocorrências é justamente Mauá, onde o secretário de Segurança Pública, Agnaldo de Cássio Moreira, comemorou, em janeiro, que com o funcionamento da Lei Seca estava coibindo as mortes.

Roubo - Em Ribeirão Pires, Renato Alves Feitosa, 45 anos, foi morto na sexta-feira dentro de seu bar, no Jardim Aprazível. Dois criminosos - um deles armado - invadiram o local e anunciaram o roubo. Depois de retirar R$ 40 do caixa, um dos criminosos atirou no comerciante.

A discussão entre um casal anteontem quase terminou em morte no Parque Gerassi, em Santo André. Ecildo José da Silva, 34, atirou na mulher.

O delegado seccional de Santo André, que também responde por Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, Luis Carlos dos Santos, afirmou que terá hoje uma reunião com o comando da Polícia Militar onde falarão sobre as mortes dos últimos dias.

Diadema - O primeiro caso registrado em Diadema foi na noite de sábado, no Jardim dos Eucaliptos. O mecânico Ronaldo Rodrigues, 56, foi morto com dois tiros no abdômen.

Na madrugada de domingo, o motorista Fagner Weslei Santa Rosa, 25, foi assassinado em um posto de combustível, na Vila Oriental. O último caso foi na noite de anteontem, no Jardim Promissão. O metalúrgico José Alves de Araujo Neto, 36 anos, foi morto quando saía de casa.

Por Fabiana Chiachiri - Diário do Grande ABC / Foto: www.jornalextra.com.br
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2021 - Desde 2003 à 6845 dias no ar.