NOTÍCIA ANTERIOR
Professores avaliam uso de games em aulas
PRÓXIMA NOTÍCIA
Oficina de Reciclagem da FUABC ensina adolescentes em tratamento
DATA DA PUBLICAÇÃO 14/12/2011 | Educação
Governo lança edital para bolsas de estudo no exterior
A presidente Dilma Rousseff lançou na manhã desta terça-feira os editais para a distribuição de 12,5 mil bolsas de estudo no exterior para estudantes de ensino superior. Esse é o segundo processo para a concessão desses benefícios pelo programa Ciência Sem Fronteiras.

O programa total prevê a distribuição de cerca de 100 mil bolsas de estudo, entre aquelas de iniciativa privada e do governo federal. O edital anunciado agora prevê vagas em instituições de ensino superior de seis países: Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Alemanha, França e Canadá.

As inscrições das bolsas anunciadas nesta terça-feira vão até 15 de janeiro do próximo ano e a previsão é que os estudantes selecionados estejam nos países em março. A seleção é feita pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

O primeiro edital para o programa já havia selecionado 1,5 mil estudantes que vão estudar em instituições dos Estados Unidos, que foram anunciados nesta terça-feira. Pouco mais da metade deles vai embarcar para o país em janeiro e os demais em julho.

O programa prevê curso de línguas para os selecionados, com duração de até oito meses, antes do início do curso no ensino superior. Esses cursos também serão ministrados para alunos que tiveram pontuação superior a 600 pontos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e ingressaram no ensino superior.

O ministro Aloízio Mercadante (Ciência e Tecnologia) afirmou que em fevereiro será lançado um novo edital com vagas para outros dez países: Holanda, Bélgica, Portugal, Espanha, China, Índia, Japão, Canadá, Austrália, Coreia do Sul.

Mercadante também anunciou que todos os estudantes escolhidos vão receber um laptop para participar do programa. O investimento total do programa será de R$ 3,2 bilhões para o ciclo de bolsas até 2014.

Por Renato Machado e Flávia Foreque, de Brasíla - Folha Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Educação
21/09/2018 | Ensino superior cresce no País, mas graças à modalidade a distância
19/09/2018 | Em crise financeira, UFABC tenta definir objetivos para 2019
18/09/2018 | Cidade francesa muda pátio de pré-escola para favorecer a igualdade de gênero
As mais lidas de Educação
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6232 dias no ar.