NOTÍCIA ANTERIOR
Centenas de fãs se reúnem em SP para novo ''Call of Duty''
PRÓXIMA NOTÍCIA
Novo ''Call of Duty'' vende 6,5 milhões em um dia nos EUA e Europa
DATA DA PUBLICAÇÃO 11/11/2011 | Tecnologia
Game Call of Duty é lançado no ABCD
Game Call of Duty é lançado no ABCD Artista chefe do jogo Call of Duty participa de tarde de autógrafos. Foto: Marcelo Lemos
Artista chefe do jogo Call of Duty participa de tarde de autógrafos. Foto: Marcelo Lemos
O artista-chefe da empresa de games que desenvolveu o jogo Call of Duty: Modern Warfare 3, Alejandro Gil, esteve na tarde desta quinta-feira (10/11) no ParkShopping São Caetano para lançar e autografar os jogos em uma loja especializada no setor, a UZ Games.

Os jogos de tiro em primeira pessoa é considerado um dos games mais aguardados desse ano, e deve bater os recordes de vendas de acordo com Gil. “O jogo tem fãs e jogadores fieis que estavam aguardando o lançamento. As expectativas são as melhores e acredito que os brasileiros gostarão do novo jogo.”

O lançamento mundial da empresa Activision ocorreu na terça-feira (08/11) nos Estados Unidos, e na quarta-feira (09/11) no Brasil, na Capital.

No Brasil o game custará cerca de R$ 200, para o PS3 e Xbox R$ 360, cerca de R$ 190, para o Wii e de R$ 120, para o Nintendo DS. O jogo não estará disponível para computador no Brasil.

O game já vendeu mais de 6,5 milhões de cópias em todo o mundo em sua pré-venda, de acordo com a Activision, criadora do game. O novo título da série já supera a versão antiga, estimada em 1,5 milhão de cópias vendidas.

“Este jogo tem algumas novidades e detalhes, mas prefiro que os jogadores descubram para não estragar a surpresa”, afirmou Gil.

O novo título, oitavo da franquia que já é a mais bem-sucedida da história dos games, aperfeiçoou as características que se tornaram marcas registradas da série Modern Warfare - como a ação frenética, campanha cinematográfica, narrativa repleta de intrigas internacionais, localizações reais minuciosamente recriadas, multiplayer explosivo e missões cooperativas.

E apesar do jogo ser com uma arma de fogo virtual, aonde o jogador é o atirador, Gil afirmou que o game não influencia a pessoas a serem violentas. “Os games unem as pessoas, reúnem os amigos e o cenário é virtual. As pessoas não se tornam violentas por conta de um jogo. Não considero o produto algo violento.”

O jogo pode ser encontrado em lojas especializadas em game na região do ABCD.

Sobre o jogo

A série começou a ser criada em 2003 para computador pelos estúdios Infinity Ward e Sledgehammer Games.

O novo, Call of Duty MW3, começa logo após o fim de Modern Warfare 2, com a invasão de Washington - EUA pelos russos, e traz à cena uma nova guerra mundial com confrontos em outras localidades como Londres, Paris e Berlim. Agora, a caçada pelo terrorista Vladimir Makarov - estopim para a invasão dos EUA - irá levar os jogadores a batalhas desesperadas entre os arranha-céus e metrô de Nova York, dentro de bulevares parisienses, pelas ruas de Londres e Berlim; além de ações na Índia, Somália e Rússia e outras localidades. Assim, aom a ampliação das batalhas para outros territórios, o jogador não luta apenas com as forças norte-americanas, mas pode encarnar - ou lutar contra - algumas das mais avançadas forças militares de elite do mundo, como os SAS britânicos ou unidades de infantaria alemãs.

O modo multiplayer de Call of Duty: Modern Warfare, que praticamente é um jogo à parte, também foi aprimorado. MW3 traz diversas habilidades inéditas que o jogador pode adquirir conforme sobe de nível nas partidas online, tais como ficar invisível para aeronaves inimigas ou correr e mirar simultaneamente. O game também tem um novo sistema de evolução de armas que incentiva o jogador a se especializar em armamentos específicos. Conforme avança, o jogador libera melhorias como novas miras e silenciadores; ou vantagens como os recursos de diminuir o coice dos disparos e aumentar o impacto dos tiros.

O antigo sistema de ‘killstreak’ – que trazia vantagens por sequências de morte - também foi renovado e renomeado como pointstreak. O novo sistema recompensa não apenas as mortes, mas também diversas outras ações dos jogadores, incluindo assistências a colegas de equipe ou tomar objetivos no mapa, proporcionando uma dinâmica muito maior às partidas. Outra novidade inclui o modo de jogo Kill Confirmed do Deathmatch. Nele, os jogadores precisam pegar etiquetas de identificação de inimigos mortos recentemente para dar pontos à sua equipe enquanto evitam que o outro lado faça o mesmo, requerendo novas atitudes táticas para se chegar à vitória.

Call of Duty: Modern Warfare 3 também tem suporte a multiplayer online com tela dividida, permitindo que um jogador e um amigo joguem lado a lado enfrentando adversários na rede. Todas essas novidades inéditas prometem uma experiência multijogador ainda mais envolvente do que em edições anteriores.

Por Michelly Cyrillo - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Tecnologia
21/09/2018 | Brasileiro fica quase 3 horas por dia assistindo a vídeos online; aumento foi de 135% em 4 anos
19/09/2018 | Sony anuncia PlayStation Classic, versão mini do PS1 com 20 jogos na memória
18/09/2018 | A curiosa razão por que o relógio sempre marca 9:41 nos anúncios da Apple
As mais lidas de Tecnologia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6335 dias no ar.